Madonna atua no Coliseu de Lisboa em 2020

0
15

A tour “Madame X” terá início a 12 de setembro deste ano no BAM Howard Gilman Opera House, em Nova Iorque, vai passar pela capital em 2020. Sem data ainda conhecida, o concerto será no Coliseu de Lisboa.

Madonna acaba de anunciar uma série de “espetáculos intimistas e únicos, que terão lugar exclusivamente em teatros para darem aos Fãs a oportunidade de verem Madonna num ambiente como nunca viram antes”, revelou hoje a promotora em comunicado.
No início de 2020, a tour “Madame X” passará pelo Coliseu de Lisboa, pelo Palladium em Londres e pelo Grand Rex em Paris. Esta é, para já, a única informação do concerto na capital. Para já, são apenas conhecidas as seguintes datas em solo norte-americano (2019):
12 de setembro – Nova Iorque, BAM Howard Gilman Opera House
14 de setembro – Nova Iorque, BAM Howard Gilman Opera House
15 de setembro – Nova Iorque, BAM Howard Gilman Opera House
17 de setembro – Nova Iorque, BAM Howard Gilman Opera House
19 de setembro – Nova Iorque, BAM Howard Gilman Opera House
21 de setembro – Nova Iorque, BAM Howard Gilman Opera House
22 de setembro – Nova Iorque, BAM Howard Gilman Opera House
15 de outubro – Chicago, Chicago Theatre
16 de outubro – Chicago, Chicago Theatre
17 de outubro – Chicago, Chicago Theatre
21 de outubro – Chicago, Chicago Theatre
12 de novembro – Los Angeles, The Wiltern
13 de novembro – Los Angeles, The Wiltern
14 de novembro – Los Angeles, The Wiltern
16 de novembro – Los Angeles, The Wiltern
17 de novembro – Los Angeles, The Wiltern
Ainda não se sabem detalhes (preços e datas) para a aquisição de bilhetes para o espetáculo em Lisboa. Os bilhetes para as atuações nos EUA já podem ser reservados, sendo necessário que os fãs se registem até à próxima sexta-feira, dia 10 de maio, no site Madonna.Livenation.com.
Madonna estreou-se ao vivo em Portugal em 2004, no então Pavilhão Atlântico, em Lisboa. Em 2005, interpretou uma música na cerimónia dos Prémios Europeus de Música MTV, em Lisboa. Em 2008, regressaria a Lisboa para um outro concerto, desta vez no Parque da Bela Vista.
Em 2012, a cantora atuou no Estádio Cidade de Coimbra, com o álbum “M.D.N.A”.

“Madame X” será editado a 14 de junho. Do alinhamento faz parte uma versão de “Faz gostoso”, de Blaya. O 14.º álbum de estúdio foi gravado ao longo dos últimos 18 meses em Portugal, Londres, Nova Iorque e Los Angeles e foi criativamente influenciado por Lisboa.
“Lisboa é onde o meu disco nasceu. Encontrei lá a minha tribo e um mundo mágico de músicos incríveis que reforçaram a minha crença de que as músicas à volta do mundo estão todas ligadas e são a alma do universo”, afirma a cantora no ‘site’ oficial.Dino d’Santiago, Celeste Rodrigues, Fábia Rebordão, Ricardo Toscano, Gaspar Varela e as Batiqueiras de Cabo Verde são alguns dos artistas com quem Madonna se cruzou nos últimos meses, a avaliar pelas fotografias e vídeos que tem divulgado nas redes sociais.
Feito com a colaboração do produtor francês Mirwais, o álbum “Madame X” apresenta 15 temas entre os quais uma versão de “Faz gostoso”, da cantora portuguesa Blaya, que Madonna interpreta em português com a artista brasileira Anitta, e “Medellín”, o primeiro ‘single’ divulgado hoje, que é um dueto com o músico colombiano Maluma.
Em 2018, quando completou 60 anos, Madonna disse numa entrevista à revista italiana Vogue que a temporada recente em Lisboa a influenciou no processo criativo deste álbum.
“Conheci imensos músicos maravilhosos e acabei por trabalhar com muitos deles no meu novo disco, por isso, sim, Lisboa influenciou a música e o meu trabalho. Como não influenciar? Não sei como é que eu teria passado este ano sem ter conhecido toda esta cultura”, disse a cantora norte-americana na entrevista.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO