Marca Açores – Produtos regionais têm nova identidade

0
9
O governo açoriano acredita que  a marca será “um símbolo reconhecido por todos, servindo como uma garantia junto dos consumidores de que os produtos e serviços que possuam o selo da Marca Açores representam de facto as melhores características” do arquipélago. A 
identificação dos Açores com uma marca sinónima de qualidade, que diferencie o produto a partir dos atributos mais distintivos da Região, revela-se “de inegável importância no sucesso de uma estratégia de acesso e fidelização de mercados e de fomento da base económica de exportação”.

O Governo dos Açores apresentou no passado dia 30 de janeiro a Marca Açores, a nova imagem que vai representar os Açores pelo mundo.
O local escolhido para dar a conhecer a marca foi o Algar do Carvão,  uma das poucas chaminés vulcânicas visitáveis no mundo, por, num sentido metafórico, representar a natureza no seu sentido mais íntimo.
Segundo Luís Pereira Santos, da McCann Lisboa, o mote para o desenvolvimento deste projeto passa por “começar do interior para o exterior” e desenvolver a “nova cara dos Açores com o intuito que esta marca tenha a mesma força que a natureza regista”. 
Luís Pereira Santos, foi quem apresentou o vídeo com a nova imagem dos Açores que retrata as ilhas de uma forma atrativa turisticamente, realça a qualidade dos produtos açorianos, bem como a singularidade dos seus serviços.
A nova imagem foi desenvolvida em conjunto pela McCann Lisboa e pela empresa HDG Açores. O projeto teve como inspiração a natureza, bem caraterística das nossas ilhas, à qual se referiram como “sinónimo de Açores.”
Nas declarações ao Tribuna das Ilhas, Luís Pereira Santos, confidenciou ainda que a criação desta marca foi feita “com enorme paixão, porque a equipa que desenvolveu este projeto, tanto do lado da McCann como da HDG, é composta por pessoas apaixonadas pelos Açores”. Para além disso, acrescentou que este projeto representa “uma importância enorme para a economia açoriana, tanto do ponto de vista da atração como do ponto de vista de valorização da oferta. É um projeto maior, não é só uma identidade, é uma identidade com um impacto claríssimo naquilo que é a economia da região e isso para nós tornou tudo mais motivador”.
Santos afirmou ainda que “a nova identidade tem sido muito bem recebida por todos aqueles que já tiveram oportunidade de ver o nosso trabalho”.
A Marca Açores pretende, sobretudo, representar um selo de origem e uma marca de destino que atraia as pessoas a visitar o Arquipélago e a dar valor ao que por cá se produz.
A Marca Açores será de natureza transversal a toda a produção regional e constituirá uma marca global de referência que permitirá induzir valor acrescentado aos produtos e serviços açorianos e aumentar a respetiva penetração nos mercados interno e externo.
 
“Açores. Certificado pela natureza”
 
“Açores. Certificado pela natureza” é o slogan que acompanha a nova “cara” dos Açores.
A Marca Açores foi apresentada pelo Presidente do Governo Regional, Vasco Cordeiro, que realçou a importância desta nova “identidade” como uma oportunidade para as empresas e para a economia local, criando mais emprego e mais riqueza na Região com a valorização dos produtos e serviços açorianos, tanto nos Açores como fora. 
Vasco Cordeiro, reforçou que a Marca Açores “será tanto mais valiosa quanto mais exigentes formos no cumprimento da mensagem, da ideia e da garantia que ela dá” rematando que “esta marca será aquilo que nós quisermos e fizermos para que ela seja”. O presidente disse ainda que a aprovação das condições de acesso à marca será feita esta semana em reunião do Conselho de Governo.
Cordeiro referiu ainda que a Bolsa de Turismo de Lisboa será o “primeiro grande momento da Marca Açores” onde terá bastante visibilidade e principalmente divulgação e promoção.
O presidente do Governo Regional finalizou o seu discurso dizendo: “aqui fica um desafio: que todos os intervenientes, públicos e privados, trabalhem no sentido do máximo aproveitamento das suas potencialidades”.
 
“Marca Açores”
 
Esta marca pretende chegar a todos os setores de atividade, conjugando as melhores características das nossas ilhas, para que os consumidores reconheçam o produto/serviço açoriano através do selo da Marca Açores. O objetivo máximo desta mudança passa por tornar este selo numa garantia de qualidade dos Açores.
A gestão da Marca Açores será feita pela Sociedade para o Desenvolvimento Empresarial dos Açores (SDEA) que posteriormente irá pôr em prática todos os procedimentos para a adesão à marca.
A Marca Açores, destinada a empresas privadas, cooperativas e associações sem fins lucrativos, bem como ao Governo dos Açores e ao setor público empresarial regional, assume-se como uma marca territorial de referência, que identifica a oferta dos Açores e a singularidade dos seus recursos endógenos, originários de uma Região de elevada sustentabilidade ambiental. 
A marca, utilizada também sob a forma de um selo por múltiplos produtos das empresas regionais, vai permitir que os consumidores finais e as entidades que adquiram bens intermédios, reconheçam a origem dos produtos, realizem uma escolha informada e valorizem a oferta regional.
Desta forma, é colocada ao dispor das empresas a utilização da Marca Açores nos rótulos, embalagens e em todo o material promocional dos produtos e serviços aderentes e de outros materiais logísticos e de comunicação, possibilitando a qualificação e valorização da produção de bens e serviços regionais de forma diferenciada.
Uma componente fundamental deste projeto assenta na possibilidade dos empresários açorianos obterem majorações de apoio, no âmbito dos sistemas de incentivos para a competitividade empresarial, o Competir+.  Outro benefício é a adesão a campanhas de comunicação e marketing da iniciativa  Marca Açores, promovidas pela entidade coordenadora, por departamentos do Governo dos Açores e entidades parceiras, com o inegável contributo para o aumento da visibilidade dos produtos e serviços aderentes e para o aumento da confiança por parte do público consumidor, no sentido de reconhecer a qualidade regional intrínseca.
A Marca Açores permite, por outro lado, o apoio na promoção de iniciativas empresariais de abertura à internacionalização.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO