Mortos nas Estradas do Faial

0
72
Aurora Ribeiro
Aurora Ribeiro

O ano que passou foi um ano negro nas estradas do Faial. Os resultados estatísticos finais não estão disponíveis no site do SREA, mas aos dois mortos que faleceram nos primeiros meses do ano, irão, acredito, adicionar-se dois atropelamentos que tiveram lugar no final do ano. Desconheço se houve mais mortes, mas quatro mortos nas estradas durante um ano é já um valor mais alto que o dos registos disponíveis no site do SREA, onde se encontram dados para acidentes nas estradas desde 2001. Nos anos de 2003, 2005 e 2011 houve três mortos por ano nas estradas do Faial e nos restantes os valores variaram entre zero e dois. A média de mortes por ano no Faial nos últimos dez anos é de 1,4. Logo, este valor de 2021 já é significativamente maior do que as estatísticas habituais.

Embora este valor isolado não possa, de forma nenhuma, ser tomado como prova de qualquer tendência, penso que é suficientemente alto para nos fazer parar e pensar. Qualquer morte que possa ser evitada vale a reflexão e o esforço para melhorar a segurança rodoviária da ilha. Perturba-nos ainda mais o facto de um destes atropelamentos ter ocorrido na cidade, numa zona onde circulam muitas pessoas a pé, junto a um dos supermercados da ilha, onde existe uma passadeira.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura