Município da Batalha distribuiu 40 mil máscaras

0
8
O Município da Batalha distribuiu mais de 40 mil máscaras a oito mil habitantes, cerca de metade da população daquele concelho do distrito de Leiria, anunciou a autarquia.No âmbito do programa municipal de distribuição gratuita de máscaras à população, o Município da Batalha, em colaboração com as freguesias e equipas de voluntariado, já entregou mais de 40 mil máscaras de proteção, 50 mil luvas e cerca de 900 viseiras, refere uma nota de imprensa da Câmara.

O presidente do Município da Batalha, Paulo Batista Santos, considerou, citado numa nota de imprensa, que “mais do que se discutir as orientações neste particular da OMS [Organização Mundial da Saúde], é fundamental garantir a maior proteção dos cidadãos, sobretudo da população mais idosa”.”Os exemplos das medidas adotadas na República Checa, mais recentemente em Itália ou nos Estados Unidos da América e em outros países asiáticos, que adotaram a medida de uso de máscara, foram suficientes para justificar a decisão tomada há mais de uma semana, inicialmente muito criticada, mas hoje é quase unânime a importância desta medida para a mitigação da covid-19″, acrescentou o autarca.

O Município da Batalha desenvolveu uma plataforma eletrónica e linhas de produção em parceria com várias empresas locais da indústria da confeção e comércio de vestuário, que garantem a entrega de 30 mil máscaras semanais (150 mil/mês), que suportam ciclos de distribuição semanais de 5 a 10 máscaras por agregado familiar, para além da entrega regular junto das IPSS e empresas ainda em laboração, num investimento de 90 mil euros, refere o mesmo comunicado.

O pedido de equipamentos pode ser realizado em www.batalhaonlife.pt ou através dos seguintes contactos: 244 769 110 | 961 385 570

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já provocou mais de 114 mil mortos e infetou mais de 1,8 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registam-se 535 mortos, mais 31 do que no domingo (+6,2%), e 16.934 casos de infeção confirmados, o que representa um aumento de 349 (+2,1%).

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO