OPERADORES DE COMUNICAÇÕES LANÇAM PLANO PARA MINIMIZAR IMPACTOS DA COVID-19

0
12
DR

No âmbito do atual Estado de Emergência decretado pelo Presidente da República, onde os cidadãos são chamados a permanecer em casa, as empresas de comunicações eletrónicas têm uma especial responsabilidade em garantir, na medida do possível, as condições de bom funcionamento dos serviços de comunicações, em particular a clientes e entidades críticas, bem como a proteção das operações em infraestruturas cruciais.

Neste sentido, a MEO, a NOS e a Vodafone, neste momento crítico sem precedentes, decidiram unir esforços e apresentaram ao Governo um plano para minimizar os impactos da pandemia em Portugal, composto por seis eixos de atuação:

  1. Manter a qualidade de serviço das redes de comunicações
  2. Assegurar a capacidade de rede necessária para funções críticas do Estado
  3. Promover a contenção da expansão do vírus
  4. Alertar para procedimentos antifraude
  5. Contribuir para o incentivo ao teletrabalho nas empresas
  6. Apoiar a comunidade

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO