Município da Horta assinalou o Dia Internacional da Cidade Educadora com diversas iniciativas e distinção a alunos de mérito

0
62
blank

Sob o lema “A Cidade Educadora não deixa ninguém para trás”, a Câmara Municipal da Horta celebrou o Dia Internacional da Cidade Educadora com atividades que envolveram diversas instituições da Ilha do Faial.

Após ser hasteada a Bandeira “Horta Cidade Educadora 2021” nos Paços do Concelho, as
comemorações prosseguiram na Biblioteca Pública João José da Graça com a atividade “Arte na Inclusão”.

À tarde, no Teatro Faialense, realizou-se a palestra “Partilhando a Inclusão”, com a participação dos psicólogos Marco Santos e Ana Félix, a coordenadora do Projeto Erasmus do CAO da SCMH, Maria de Lurdes Oliveira, a coordenadora do projeto Moviment’Arte da APADIF, Marta Faria e os testemunhos de Melissa Bettencourt, Tatiana Furtado, Rui Dowling e Vanda Ângelo.

Intervindo na Sessão Comemorativa realizada à noite no Teatro Faialense, Carlos Ferreira,
Presidente da Câmara da Horta, começou por destacar o comprometimento do Município “com estratégias de inclusão e diminuição das desigualdades”, o qual “pretende continuar a tomar medidas firmes, com o propósito claro de colocar a vida das pessoas no centro das políticas locais, sem deixar ninguém para trás.”

Para o autarca “envolver os Munícipes e a comunidade nas políticas locais, refletir em conjunto e definir linhas orientadoras de ação, com a participação e o contributo de todos e de todas, é uma estratégia que o Município segue para a promoção da cidadania ativa e da igualdade de oportunidades”.

“A partir de 2013 tem sido mais visível o trabalho desenvolvido pelo Município, com a nomeação da Conselheira Municipal para a Igualdade e com a realização do I Plano Municipal para a Igualdade, Cidadania e Não Discriminação 2016-2018”, frisou Carlos Ferreira, adiantando aos presentes que “está em elaboração o II Plano Municipal para a Igualdade e Não Discriminação”.

Nesta Sessão Comemorativa do Dia internacional da Cidade Educadora, a Câmara Municipal da Horta distinguiu ainda o mérito, o esforço e a dedicação de diversos alunos pelo seu
desempenho escolar, com a atribuição de diplomas aos alunos contemplados com as 7 Bolsas de Mérito no ano letivo 2020/2021 das diferentes instituições e níveis de ensino.

Depois de apresentados os projetos educativos desenvolvidos pelas diversas instituições e
entregues as lembranças de colaboração às entidades parceiras, as comemorações terminaram com o Hino das Cidades Educadoras, interpretado por Cristina Pinheiro e Zeca Sousa.