Número de desempregados inscritos nos Açores o mais baixo dos últimos cinco anos

0
9
DR

De acordo com os dados divulgados pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), o número de desempregados inscritos nos Açores, diminuiu 11% em novembro, comparativamente ao mesmo mês de 2015.

Relativamente a estes números, o Vice-Presidente do Governo Sérgio Ávila comentou que “os dados agora revelados pelo IEFP demonstram que o número de desempregados inscritos nos Açores é o mais baixo dos últimos cinco anos”, garantindo a este respeito que o Executivo vai “prosseguir e reforçar” as políticas de criação de emprego que têm permitido reduzir de forma consistente o número de desempregados nos Açores, revela o Gabinete de Apoio à Comunicação Social (GACS).

Segundo, a mesma fonte “as Agências para a Qualificação e Emprego registaram em novembro 9.621 inscrições na Região, o número mais baixo desde novembro de 2011, ano desde o qual se tem vindo a registar uma redução mensal consistente do número de desempregados inscritos.

Neste contexto, avança o GACS, Sérgio Ávila destacou que “esta realidade demonstra a consistência da estratégia empreendida pelo Governo dos Açores, no sentido de criar medidas e políticas ativas de promoção do emprego”.

O governante sublinhou ainda o facto de “os dados do IEFP se reportarem a um mês em que, tradicionalmente e devido à sazonalidade de alguns setores de atividade, se regista um aumento no número de inscritos”.

Para o Vice-Presidente, esta conjugação de fatores e valores “confirma que estamos no rumo certo e que as medidas empreendidas devem ter continuidade”, no sentido de, “progressivamente, continuar a reduzir o desemprego nos Açores” e “assegurar criação de mais emprego”, no entanto, salienta ainda o vice-presidente “as medidas tomadas e os resultados alcançados não permitem encarar esta realidade apenas pelo seu lado positivo”. Neste sentido entende  que importa “dar continuidade e reforçar as medidas, de forma a que possamos continuar a reduzir, como temos feito, o desemprego de forma sustentada”, lê-se na nota do GACS.

               

SUBSCREVA A ASSINATURA. Basta preencher o formulário

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScF1d_clSmrQ16Tj0nvB7RJMzSS4JV3xf0WoCWtiykBM8hEKA/viewform

https://www.tribunadasilhas.pt/

https://www.facebook.com/tribunadasilhas

https://twitter.com/tribunadasilhas

http://issuu.com/tribunadasilhas

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO