Oficina “Genealogia sem Segredos” com Francisco Queiroz

0
39
blank

A Direção Regional da Cultura, através da Biblioteca Pública e Arquivo Regional João José da Graça promove a realização da Oficina “Genealogia sem Segredos” com o Doutor Francisco Queiroz, que irá decorrer na Sala de Formação da BPARJJG. O primeiro grupo fará a formação de 25 a 28 de outubro das 18:00h às 20:00h, já o segundo grupo de 26 a 28 de outubro das 14:00h às 16:30h.

Francisco Queiroz é doutorado em História da Arte pela Universidade do Porto. Foi coordenador adjunto do Grupo de Investigação “Heritage, Culture and Tourism” do CEPESE – Centro de Estudos da População, Economia e Sociedade, onde em 2014 concluiu os seus trabalhos de pós-doutoramento, sobre a arte tumular do século XIX em Portugal. Embora se tenha especializado em arte portuguesa do período romântico, ao longo dos seus cerca de vinte e cinco anos de investigação tem abordado a História da Família do ponto de vista das biografias, dos espólios fotográficos, e da tumulária como fonte genealógica – tema que apresentou, como orador convidado, na primeira pós-graduação sobre História da Família realizada em Portugal. O formador tem também pesquisado a história de famílias concretas, contando-se alguns livros publicados, o mais importante dos quais é “A Casa do Terreiro de Leiria”, obra de três volumes com mais de 500 páginas cada um. É ainda membro da Associação Portuguesa de Genealogia. Nos últimos anos deu formação sobre Genealogia em Lisboa, Porto, Braga, Penafiel, Felgueiras, Vila Nova de Gaia, Leiria, Faro, Lagos, e Ponta Delgada.

Esta formação baseia-se na obra “Descubra as suas origens: Manual de genealogia e história da família”, publicada pela Esfera dos Livros no final de 2016, da qual o formador é co-autor.

O principal objetivo desta formação é ajudar os participantes a fazer pesquisa genealógica e/ou a história da sua família, sabendo por onde ir, por onde não ir, como ultrapassar os obstáculos, quando pedir ajuda e a quem. Para tal, baseia-se em três módulos: Pesquisar as fontes (o módulo maior, que ocupa mais de metade de toda a formação), Pesquisar e interpretar, e Organizar.

Com uma linguagem simples e prática, serão explicados conceitos fundamentais da Genealogia e da História da Família e dadas dicas que respondem aos efetivos desejos e necessidades dos participantes, expressos nos inúmeros apelos que surgem a respeito destes assuntos, em grupos e fóruns da Internet. As dicas de pesquisa não se limitarão a listar os arquivos consultáveis, os recursos disponíveis online, ou o modo de pesquisar e organizar a pesquisa, mas contemplarão também várias formas de interpretação do espólio familiar, entre outros aspetos que normalmente não são considerados pela Genealogia mais tradicional. Por conseguinte, a formação é útil mesmo a quem já tenha alguma experiência na área da Genealogia, mas não possua formação académica em História ou áreas conexas.

Dirigida ao público em geral, esta atividade terá um máximo de 15 participantes cada grupo, mediante inscrição prévia.

Fonte: Biblioteca Pública e Arquivo Regional João José da Graça