Creche “O Castelinho” mantém-se a funcionar como está

0
28

A garantia foi dada pelo presidente da Instituição, Bruno Leonardo, após uma reunião que decorreu ao final do dia de ontem, entre a tutela e a direção da instituição, em que participaram também a secretária regional da Solidariedade Social e os pais dos alunos.

Tribuna das Ilhas foi ao encontro do presidente da Direção da creche “O Castelinho”, a fim de apurar as conclusões.

Bruno Leonardo confirmou as declarações do secretário de que não haviam decisões concretas, a este respeito, referindo existirem, sim, “orientações, argumentações, premissas que vão de encontro à política regional”.

O presidente referiu que o secretário informou que tem havido um aumento das inscrições para a valência de Jardim de Infância que a EBI colocou à disposição da população local. Neste contexto, “percebeu-se que estava a haver uma boa afluência no pré-escolar na António José de Ávila”, no entanto “percebeu-se também que a valência do privado do Jardim de Infância ‘O Castelinho’ continuava a ser necessária”, referiu.

“No fundo depois da auscultação o que os secretários afirmaram aos pais foi que se iria manter tudo como está”, afirmou o presidente, garantido ainda que, em relação aos apoios,  “a comparticipação continuará a ser atribuída”. 

Por outro lado Leonardo lembra que é preciso distinguir creche de jardim de infância e, neste contexto, a valência de creche em “O Castelinho”  estará sempre salvaguardada uma vez que o ensino público não disponibiliza essa oferta. Ao nível de jardim de infância verifica-se uma diminuição da procura no privado.

O responsável lembrou que a Instituição também vai brevemente entrar em obras e que até nesse ponto tem havido apoio e sobretudo preocupação por parte do Executivo em relação ao funcionamento futuro das valências.

Esta questão veio a público no debate da sessão plenária do mês de junho, que está a acontecer na Horta desde terça-feira, trazida pelo deputado do PCP Aníbal Pires, no decorrer da interpelação do grupo parlamentar do CDS-PP, sobre Educação, Ciência e Cultura.

Pires colocou a questão ao secretário regional sobre o possível encerramento da valência de jardim de infância daquela instituição com base numa informação da direção, de que o Governo Regional (GR) iria a partir de setembro, cortar os apoios atribuídos àquela instituição particular de solidariedade Social, e também o faialense Jorge Costa Pereira, da bancada do PSD, interpelou Luiz Fagundes Duarte sobre o mesmo assunto.

 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO