“Os dados da pobreza demonstram que as medidas do PS não estão a ter resultados palpáveis”

0
10

“O facto de os Açores serem a região mais pobre do país demonstra que as linhas definidas pelo PS para combater a pobreza não estão a ter resultados palpáveis”, disse Alexandra Manes, candidata do BE pela Terceira, numa visita à Cáritas.

Para combater este problema, o Bloco considera necessário implementar medidas estruturantes na Educação e no combate à precariedade. Mas, no imediato, é preciso dar resposta a quem passa por dificuldades.

Neste sentido o Bloco propõe criar um complemento regional ao Rendimento Social de Inserção, aumentar o complemento regional de pensão para que nenhum idoso tenha uma pensão inferior a 438 euros, e aumentar o complemento regional ao abono de família.

A candidata do BE considera que é importante combater o estigma associado ao RSI, e lembra que grande parte dos beneficiários são pessoas que trabalham, mas recebem rendimentos muito baixos, e ainda crianças e idosos, que não podem trabalhar.

O complemento regional ao RSI proposto pelo BE pretende dar resposta aos casos mais graves para garantir “uma ajuda para sobreviver”.

Este é um apoio permite atenuar a pobreza, num período transitório, numa altura em que os efeitos do confinamento durante a pandemia – despedimentos e redução de rendimentos – que vão agravar a situação de muitas pessoas.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO