Poesia – Segundo volume de coleção do IAC dedicado ao poeta Mário Machado Fraião

0
15
DR
DR

O segundo volume da coleção Poesia, editada pelo Instituto Açoriano da Cultura (IAC) intitula-se As Ruas Demoradas. Poesia Reunida, e apresenta poemas do poeta faialense Mário Machado Fraião, numa coordenação de Victor Rui Dores, que apresentou a obra na passada sexta-feira, na Biblioteca Pública e Arquivo Regional João José da Graça, na Horta.
De acordo com nota enviada às redações, o livro “recolhe não só os sete títulos publicados em vida pelo poeta, como o livro póstumo Antes que o Sol Acabasse”.
Mário Machado Fraião (1952-2010) publicou, entre 1980 e 1995, sete livros que “constituem todo um programa poético, onde, além da memória recriada e transfigurada das ilhas, é notória uma voz particularmente atenta às perdas, à passagem do tempo, à presença dos pequenos lugares ou dos pequenos espaços e da música e imagens que neles acontecem. Envolvendo cafés, bares e esplanadas, ou um tão omnipresente Atlântico, a poesia cosmopolita deste autor faialense leva-nos do Faial a Lisboa, do Alentejo à Galiza, passando pelos EUA e por muitos outros lugares, numa linguagem sempre límpida e vibrante, cuja dinâmica visual a torna sedutora e particularmente bela”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO