Profissionais de saúde começam a receber este mês valores referentes às regularizações remuneratórias

0
68
Clélio Meneses

O Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira vai começar a pagar já este mês as regularizações remuneratórias a enfermeiros, técnicos de diagnóstico e terapêutica e farmacêuticos, anunciou hoje o Secretário Regional da Saúde e Desporto, Clélio Meneses.

“Estamos a falar de cerca de 400 mil euros, que vão ser pagos neste hospital já a partir de amanhã”, declarou o governante, falando no final de uma reunião tida hoje com o conselho de administração daquela unidade de saúde.

O governante referiu ainda que “há outras unidades de saúde que estão com o respetivo processo já adiantado e, possivelmente, no próximo mês todos os profissionais de saúde receberão estes valores”.

“Todos os outros, certamente no mês de dezembro também irão receber. No Hospital da Horta já houve alguma atualização e ao longo dos próximos dias e semanas irá haver essa regularização”, frisou.

O processo abrange 1.768 profissionais de saúde em toda a região com uma verba global de 13 milhões de euros, a liquidar nos próximos oito anos, “sendo que o ano com maior impacto financeiro é exatamente o primeiro ano, em que se prevê para a região toda cerca de quatro milhões de euros”.

“Isto não é nenhum favor aos profissionais de saúde. Estamos apenas a fazer aquilo que era devido há muitos anos e que infelizmente não aconteceu, mas felizmente com a mudança de Governo foi concretizado”, salientou Clélio Meneses.

O Secretário Regional alertou para a complexidade do processo, facto que provocou um ligeiríssimo atraso no pagamento das verbas correspondentes às regularizações.

“Há muitas dúvidas que são colocadas e os processos voltam para trás. Por isso, levou mais tempo do que aquilo que pretendíamos”, avançou, acrescentando que “é preciso fazer a contagem do tempo de serviço, a contagem dos pontos, a avaliação da carreira e a relevância do tempo de serviço”.

Clélio Meneses disse também que o Governo Regional vai alargar o processo de regularizações às carreiras gerais e carreiras médicas: “Entendemos que no final deste ano, princípio do próximo ano vamos sentar-nos com os representantes destes trabalhadores, no sentido de também avançar com estas regularizações”, adiantou.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO