Projeto musical açoriano “SOLO9VIOLA“ faz sucesso no Uruguai

0
46
blank
O Auditório Enrique Iglesias na cidade de Montevidéu esgotou para a estreia internacional do projeto SOLO9VIOLA por Evandro Meneses. No dia seguinte, no interior do Uruguai, as audiências no Teatro Sociedad Unión voltaram a aplaudir de pé. O produtor de espetáculos uruguaio Alfredo Erhegaray congratulou o compositor e músico açoriano admitindo ser um dos mais bem conseguidos concertos a solo, vistos nos últimos anos.
“Tocar para uma audiência estrangeira foi muito gratificante e ao mesmo tempo comprometedor,” expressa Evandro Meneses. “Representar uma região através da música e de um instrumento tradicional é sempre uma honra. Ainda para mais, uma audiência que não conhecia a Viola da Terra e que estava expectante para conhecer a sua sonoridade. Entre algum nervosismo e responsabilidade que tinha, foi, para mim, um orgulho apresentar este trabalho, pela primeira vez, no estrangeiro. Enquanto o concerto decorria podia perceber que o sentimento era outro, a emoção de cada melodia que tocava saía de uma forma diferente que nem sei como explicar. Era como se estivesse a tocar a minha própria obra pela primeira vez.”
Os concertos no Uruguai foram apresentados pelo Camões Instituto e Embaixada de Portugal em Montevidéu em parceria com Turismo Uruguai, Intendência de Maldonado e Município de San Carlos. O Director General da Cultura de Maldonado, Jorge Céspedes, presente no evento na cidade de San Carlos, disse que,  “além de visitar todas as terras, como os Açores, é através da cultura que podemos nos conhecer melhor. Por isso, eventos deste calibre são muito importantes para o conhecimento dos povos.”
A Viola da Terra é o instrumento mais único do arquipélago dos Açores. SOLO9VIOLA em três andamentos, pelas mãos do jovem virtuoso Evandro Meneses, apresenta a viola no seu presente, transporta-nos pelo passado visitando as 9 ilhas dos Açores e, finalmente, mostra um rumo do potencial futuro onde o instrumento nos pode levar. O concerto estreou no Festival Cordas e já passou pelos palcos das cidades da ilha Terceira, Teatro Angrense e Auditório do Ramo Grande, a Igreja do Colégio em São Miguel, o Corvo, e a cidade do Porto no Festival Womex.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!