Próximo passo da RIS3 é a criação de clusters

0
9

As ilhas do faial, São Miguel e Terceira, vão receber na próxima semana seminários relativos à “clusterização” nos Açores. As conferências estão integradas na Estratégia de Investigação e Inovação para a Especialização Inteligente (RIS3).

O seminário, que decorre entre 11 e 13 de fevereiro, passa pela cidade da Horta no dia 12.

O diretor regional da Ciência e Tecnologia, Nelson Simões, avançou como principal objetivo “apresentar o potencial associado ao desenvolvimento de estratégias de eficiência coletiva na Região” esperando ainda que estes encontros sejam “um passo relevante para a concretização e implementação da RIS3 nos Açores”.

Os fundamentos e a importância dos processos de “clusterização”, os tramites atuais do processo no arquipélago bem como a experiência portuguesa ao nível das Estratégias de Eficiência Coletiva (clusters) serão alguns dos temas desenvolvidos e debatidos nestes seminários.

“Queremos focar o nosso investimento em investigação e inovação em áreas estratégicas que tenham potencial para desenvolver e diferenciar a nossa Região” sublinhou Nelson Simões.

Os principais destinatários desta estratégia são os empresários, investigadores, associações profissionais, autarquias e a população açoriana em geral.

Entende-se por cluster a união dos atores económicos que sejam interdependentes em certo setor e espaço geográfico específicos, interativamente e empenhados na concretização de objetivos comuns.

 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO