PS/Açores destaca importância de acordo europeu que permitirá manter taxas de cofinanciamento de 85% para as Ultraperiferias

0
36
DR/PS
DR/PS

O Partido Socialista dos Açores destaca a importância do acordo provisório alcançado esta quarta-feira relativamente aos fundos europeus: “A decisão do Conselho e do Parlamento Europeu representa um recuo na intenção de reduzir as taxas de cofinancimento para as Regiões Ultraperiféricas. No caso concreto dos Açores, o facto dessa taxa se manter nos 85% para os programas de coesão social, económica e territorial é de extrema importância”, adiantou Andreia Cardoso.

“Esta foi uma das batalhas na qual o Partido Socialista, através do XII Governo dos Açores, esteve empenhado nos últimos tempos por considerar que a proposta para aumentar o esforço de financiamento por parte das RUP era não só injusta como penalizadora de todo o trabalho que tem sido desenvolvido pelas Ultraperiferias, e muito em concreto, pelos Açores, na aplicação exemplar dos fundos comunitários”, acrescentou.

Para o PS/Açores, o acordo agora estabelecido “valoriza as parcerias entre os poderes locais, nacionais e europeus e assegura que as Regiões possam responder às suas prioridades especificas”.

Andreia Cardoso defende que a realidade das ultraperiferias tem de ser atendida “pelos decisores europeus” porque as Regiões como os Açores, que tanto representam na definição e afirmação do espaço europeu, merecem ser compensadas pela sua distância e especificidade geográfica.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO