PS e PSD reforçam número de deputados na próxima legislatura

0
9

A noite eleitoral de hoje, que ditou uma nova maioria para o PS nos Açores, caracterizou-se, principalmente, por um aumento da bipolarização em torno destes que são os dois maiores partidos da Região.

O PS obteve 48,9% dos votos, menos que em 2008 (49,6%), mas, em contrapartida, garantiu 31 deputados, mais um que na anterior legislatura.

Também o PSD obteve uma maior percentagem de votos, 32,9% (contra 30,27% em 2008), garantindo 20 deputados, mais dois que há quatro anos.

Em contrapartida, os restantes partidos viram diminuir a sua força. O CDS-PP perdeu dois dos cinco deputados que tinha eleito em 2008, ano em que obteve 8,7% dos votos. Agora, os populares não foram além dos 5,6%. O BE, por sua vez, elegeu apenas um deputado, com 2,2% dos votos, contra os dois deputados que em 2008 conseguiu eleger, ano em que obteve 3,3% dos votos. A CDU mantém a eleição de um deputado, mas diminuiu a votação de 3,14% para 1%. O PPM também voltou a eleger o seu deputado pelo Corvo, mas obteve 0,1% dos votos na região, contra os 0,47% de 2008. Recorde-se no entanto que este ano o PPM apenas concorreu no Corvo, já que nas restantes ilhas deu a mão ao PND para formar o movimento Cívico Plataforma de Cidadania, que não elegeu qualquer deputado, assim como as restantes forças políticas que concorreram a estas eleições.

Quanto à abstenção, assistiu-se a uma ligeira diminuição. Em 2008, atingiu 53,24%, diminuindo agora para 52,1%.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO