PS/Faial critica atuação demagógica e incoerente dos deputados do PSD

    0
    16

    O grupo municipal do PS/Faial considerou demagógica e incoerente “a atuação dos deputados do PSD eleitos pelos faialenses ao longo dos últimos meses”, acusando-os de “defenderem unicamente os seus interesses”.

    Para os Socialistas, e atendendo a que já na última reunião da Assembleia Municipal da Horta tinham lamentado as incoerências dos partidos que suportam o atual governo de coligação, com especial destaque, pela negativa, para o PSD, são claros os exemplos de que as expetativas dos Açorianos tem vindo a descer cada vez mais, o que, no caso específico do Faial, mostra um PSD “de costas voltadas para a sua população, deixando que as tendências centralistas deste governo se sobreponham à defesa dos interesses da nossa terra”.

    Para o grupo municipal Socialista, e dando como exemplo o tema das Plataformas Logísticas, recordam ter sido aprovado por unanimidade, durante a reunião do Conselho de Ilha de 14 de maio, um parecer que reafirmava “estarmos contra a criação de quaisquer plataformas logísticas”, destacando a contradição quando, dias depois, na ilha Terceira, “o PSD organiza umas jornadas de reflexão onde é defendido que a criação de 2 portas de entrada de mercadorias na Região pode representar poupanças elevadas”.

    Mas ainda em matéria de incoerências, os Socialistas relembram também a postura dos social-democratas relativamente às ligações aéreas entre o Faial e Lisboa, questionando “quem se lembra das reivindicações do passado, defendendo um aumento do número de voos”.

    Os Socialistas recordam inclusive, que nesta matéria, o atual presidente do PSD/Faial tem sido uma das vozes mais críticas de entre as que defendiam a necessidade de se reforçar a oferta para a ilha, alegando até, o pretexto de as pessoas poderem vir a procurar outros destinos que não o Faial. “Mas agora, e quando mais é preciso, remetem-se a concordar com o seu Governo, não defendendo as reais necessidades dos faialenses”.

    De acordo com o grupo municipal do Partido Socialista, “o PSD sempre quis que a participação financeira no processo de ampliação da pista do aeroporto da Horta fosse da responsabilidade do Executivo Regional, tendo apresentado, inclusive ao longo dos anos, propostas de alteração ao Orçamento da Região para que houvesse verba para o projeto”, mas agora apresentam “um projeto de resolução que retira qualquer responsabilidade ao Governo dos Açores”.

    “Infelizmente, estes são alguns dos exemplos da demagogia e da incoerência que tem caraterizado os últimos meses de atuação dos deputados do PSD, eleitos pelos faialenses, de forma a defenderem os seus interesses”, considerou o grupo municipal Socialista.

    O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO