PS questiona Governo Regional sobre inexistência de Diretor Clínico na Unidade de Saúde da ilha do Faial

0
34
blank

O Grupo Parlamentar do PS questionou o Governo Regional, esta terça-feira, para “quando prevê nomear um Diretor Clínico para a Unidade de Saúde da ilha do Faial?”

          O requerimento deu entrada no Parlamento Açoriano, assinado pelos deputados Tiago Branco, Ana Luísa Luís e Tiago Lopes.

          Na missiva ao Executivo Açoriano, os deputados socialistas recordam que a Unidade de Saúde da Ilha do Faial (USIF) se encontra, desde o passado dia 1 de abril, “sem direção clínica”, um “incumprimento legal”, designadamente do Decreto Legislativo Regional n.°28/99/A, de 31 de julho, alterado e republicado pelo Decreto Legislativo Regional n.°4/2020/A, de 22 de janeiro.

Para Tiago Branco, esta situação, além de “significar um vazio no processo organizativo da estrutura de saúde ao nível da decisão clínica superior”, tem provocado “perturbações no funcionamento e na coordenação das valências, assim como na prestação de cuidados médicos aos Faialenses”.

“A ausência de uma Direção Clínica na USIF é para nós inaceitável, porque não estão em causa meras nomeações, mas sim a prestação de um bom serviço aos utentes daquele Centro de Saúde”, adianta Tiago Branco.

O socialista lembrou que “cabe ao Governo Regional repor o normal funcionamento da Unidade de Saúde da Ilha do Faial através da nomeação de uma direção clínica”, apelando a que o faça “com a máxima rapidez possível”.

          “Ter uma Unidade de Saúde de Ilha sem Direção Clínica é como ter uma escola sem Conselho Executivo ou uma empresa sem sócios-gerentes: não dá certo. O Governo não deveria deixar arrastar esta situação, permitindo a degradação de serviços. O Governo de Bolieiro deve atuar no imediato para corrigir esta situação”, apelou o deputado do PS, Tiago Branco.