PSD/Açores quer esclarecimentos sobre o aquário virtual do Monte da Guia

0
7

O PSD/Açores exigiu esta semana explicações ao Governo Regional sobre o Aquário Virtual no Monte da Guia, na Horta.

De acordo com o deputado Luís Garcia, a primeira pedra deste projeto “foi lançada em julho de 2007 e a promessa foi de que a primeira fase da obra estaria concluída no verão de 2008”.

No requerimento enviado à Assembleia Legislativa, Luís Garcia salienta que “aquando dessa apresentação, o anterior presidente do governo prometeu o início imediato da intervenção, orçada em 376 mil euros e com um prazo de execução de 180 dias, que incluía a recuperação da antiga Fábrica da Baleia para instalação de um aquário virtual, onde se iriam visualizar imagens das fontes hidrotermais e do mundo dos grandes pelágicos dos Açores. Na altura ficou assente que o aquário de água salgada só iria avançar na legislatura seguinte” (2008-2012).

 Os sociais-democratas questionam, desta forma, o Executivo Regional, sendo que “é abundante a indefinição e são muitos os ziguezagues que continuam a envolver o investimento”, frisou Luís Garcia, exigindo um esclarecimento sobre a obra que apontava como data de inauguração da primeira fase da obra o verão de 2008.

 “A transparência exige conhecer com verdade e detalhe não só os valores já gastos na obra, como saber quando termina e quais os fins que vão ser dados às infraestruturas ali existentes” realçou o deputado faialense.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO