PSD/Faial condena possibilidade de diminuição de pista útil para criação das RESA

0
40
DR
DR

A Comissão Política do PSD da ilha do Faial condena frontalmente a possibilidade das áreas de segurança (RESA’s) serem feitas com a diminuição da pista utilizável, em vez de se aumentar o comprimento da pista do aeroporto da Horta.

Esta posição é tomada na sequência da notícia do semanário Tribuna das Ilhas, segundo a qual na reunião do grupo de trabalho destinado a avaliar a ampliação da pista do aeroporto da Horta, a ANA/Vinci admite implementar RESA’s na própria pista.

O PSD/Faial considera que a ampliação da pista do Aeroporto da Horta para, pelo menos 2050 metros, não é um capricho, é uma condição essencial para o futuro do Faial.

O Faial e os Faialenses têm sido seriamente prejudicados pelas penalizações com que operam os aviões A320 da Sata/Azores Airlines decorrentes da dimensão da pista, penalização que está na origem das situações em que os passageiros chegam à ilha sem a respetiva bagagem e que condiciona também a exportação de produtos locais, prejudicando a vários níveis a economia da ilha, a criação de postos de trabalho e a promoção de condições de desenvolvimento.

Relembre-se que, a 11 de maio de 2021, após uma reunião entre a administração da ANA e o Governo Regional, foi anunciado que ambas as partes concordam na importância da melhoria de condições de operacionalidade do aeroporto da Horta.

O PSD/Faial reitera a sua posição sobre o aumento da pista. A ampliação da pista do aeroporto tem de ser concretizada para pelo menos os 2050 metros, numa parceria entre o Governo da República, a ANA e a Região, com candidatura a fundos comunitários, aproveitando a oportunidade que constitui a obra das áreas de segurança (RESA) e não reduzindo o tamanho atual da pista para se construir as áreas de segurança.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO