PSD: “Novo Terminal de Cargas da Aerogare das Lajes é parte da pesada herança que a Coligação recebeu

0
26
DR/PSD
DR/PSD

O deputado do PSD/Açores Paulo Gomes considerou hoje que o novo Terminal de Cargas da Aerogare das Lajes “faz parte da pesada herança que a Coligação (PSD, CDS/PP e PPM) recebeu e terá de resolver”, dadas “as menores condições de acessibilidade e operacionalidade que tem face à anterior estrutura”.

O parlamento açoriano aprovou, por unanimidade, um projeto de resolução para que o atual Governo avalie o projeto de conceção e construção daquela obra, uma vez “há erros básicos na mesma, que facilmente se identificavam”, situação “que os governos do PS, que a promoveram, não acautelaram”, afirmou.

“Quando projetou e construiu um novo terminal de cargas, o anterior governo [do Partido Socialista] devia ter garantido, pelo menos, as condições de acessibilidade e as condições de operacionalidade existentes no anterior terminal, mas infelizmente não foi isso que aconteceu”, disse Paulo Gomes.

Segundo o deputado do PSD/Açores, “também não foi acautelado o crescimento da economia terceirense e das restantes ilhas que utilizam aquele terminal de cargas”, no que disse ter sido “um desrespeito pelos nossos empresários e pela nossa economia”.

Paulo Gomes recordou que o PS “andou quatro eleições regionais e quatro eleições autárquicas sempre a falar no terminal de cargas, e no final a obra feita ficou longe do necessário”, criticou.

Tratando-se de uma infraestrutura “fundamental para a atividade económica e o desenvolvimento da Terceira e das outras ilhas que a utilizam e é fundamental para o desenvolvimento da ilha Terceira, não se pode aceitar que assim tenha ocorrido”.

O social-democrata elencou “os locais de cargas e descargas a céu aberto, menos 70% de capacidade de frio, ou o difícil acesso ao próprio terminal, só para dar alguns exemplos”, sendo que “as carências que o terminal antigo apresentava, pioraram com a construção do novo”.

Concluído em 2020, o novo Terminal de Cargas da Aerogare das Lajes era uma promessa socialista anunciada em 2007.