Queijaria “O Morro”: 10 anos de paladares

0
1239
blank
queijaria O Morro

Há 10 anos, mais precisamente em janeiro de 2012, os irmãos Nuno e Rui Caldeira começaram a desenvolver a sua atividade na área dos laticínios, com a abertura da queijaria “O Morro”, na freguesia de Castelo Branco.
A dupla de empreendedores já investia na agricultura, valorizando os produtos agrícolas com origem local, e em 2008 começou a idealizar este negócio.

A queijaria, que assenta num modelo de gestão familiar, produz queijos frescos e curados de diferentes formas e sabores, tais como aperitivos e condimentados (apimentado e de alho e salsa) e há, inclusive, a idealização de um novo queijo. O processo de fabrico é artesanal, explica a gerência, e incorpora várias técnicas associadas a uma coalha fria. A empresa comercializa também leite pasteurizado, o “leite do dia”, um produto muito procurado pelos estrangeiros que residem no Faial, refere.

O leite, matéria-prima desta produção, é selecionado a partir de parâmetros objetivos de qualidade, explicam os empreendedores, e tem origem na própria exploração da empresa, bem como em algumas explorações locais. Para fazer um produto que se distinga de todos os outros, tentam atribuir uma marca personalizada em todos os detalhes que possam determinar o resultado final.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura