Reorganização da Proteção Civil reforça segurança da população

0
9

A Secretária Regional da Saúde destacou hoje, em Angra do Heroísmo, a reorganização do sistema de Proteção Civil levada a cabo no último ano pelo Governo dos Açores, salientando que teve como objetivo “reforçar a segurança e o socorro à população das nove ilhas”.

Teresa Machado Luciano referiu, nesse sentido, a aprovação do Regime Jurídico do Sistema de Proteção Civil, que reuniu a legislação dispersa e adaptou à Região a Lei de Bases da Proteção Civil, bem como o Plano Regional de Emergência de Proteção Civil, o Regulamento do Sistema Integrado de Operações de Proteção e Socorro e o Regulamento do Serviço de Suporte Imediato de Vida.

A Secretária Regional, que falava na conferência que assinalou o 40.º aniversário do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores, sublinhou ainda que o Governo tem procurado, através do SRPCBA, investir em meios e formação para os bombeiros, parceiros fulcrais do sistema, designadamente com “melhor remuneração, melhores condições de trabalho, mais equipamentos e mais formação”.

Teresa Machado Luciano evocou o Dia Europeu do 112, que é assinalado hoje, apelando ao fim das chamadas falsas, considerando que “desperdiçam meios essenciais ao socorro da população”, bem como o fornecimento de toda a informação nas chamadas para o 112, o que permite acionar os meios mais adequados.

À margem da conferência, a Secretária Regional afirmou aos jornalistas que os Açores “estão preparados” para a emergência de saúde pública internacional suscitada pelo coronavírus 2019-nCoV, acrescentando que as normas da Direção-Geral da Saúde estão a ser adaptadas à Região no próprio dia, que as Unidades de Saúde de Ilha e os Hospitais têm planos de emergência e que a situação é acompanhada diariamente por um grupo de trabalho.

As comemorações do 40.º aniversário do SRPCBA, que decorreu na Biblioteca Pública e Arquivo Regional Luís da Silva Ribeiro, contou com intervenções de Álvaro Monjardino, antigo Presidente da Assembleia Legislativa, Manuel Soares, Presidente da Federação dos Bombeiros dos Açores, e Ricardo Barros, antigo Vice-Presidente do SRPCBA.

A conferência, moderada pelo Presidente do SRPCBA, Carlos Neves, evocou a história do SRPCBA, a sua evolução e o papel da Proteção Civil na implementação de uma cultura de prevenção e sensibilização no arquipélago dos Açores, região sujeita a fenómenos extremos.

Este é o primeiro de um conjunto de eventos que o SRPCBA vai realizar ao longo deste ano no âmbito das comemorações do seu 40.º aniversário.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO