Reunião do Presidente do Conselho Económico e Social dos Açores com o o bjetivo de criação de medidas que aprofundem a Resiliência das Regiões Ultraperiféricas.

0
49
DR
DR

Por: Presidente do Conselho Económico e Social dos Açores.

O Presidente do CESA, Gualter Furtado, reuniu hoje por videoconferência com um representante do Centro de Estudos e Desenvolvimento Regional e Urbano, parceiro português da consultora internacional “ECORYS”, a qual se encontra a desenvolver um estudo para a Direção-Geral da Política Regional e Urbana da Comissão Europeia (DG REGIO) sobre o impacto da pandemia COVID-19 nas regiões ultraperiféricas, com base em evidências e propostas para medidas de recuperação e reforço da sua resiliência.
Esta reunião foi preparada pelo Presidente do CESA com auscultação e contributos dos Parceiros Sociais dos Açores, que serão partilhados por forma a que os Consultores tenham presente as dificuldades que os diversos sectores económicos e sociais, incluindo a educação, atravessam na Região Autónoma dos Açores, bem como os empregadores e os trabalhadores dos Açores em consequência da pandemia.
Foi realçada a necessidade de criação de um novo Programa para as regiões ultraperiféricas, fora do contexto e a acrescer à chamada “bazuca” europeia, já que aqueles territórios têm problemas específicos e agravados que os distinguem das demais regiões da Europa, desde logo os relacionados com as acessibilidades, afastamento dos principais mercados, dispersão do seu território e falta de economias de escala. Este Programa deveria conter medidas e respostas para fortalecer a capacidade resiliência de curto, médio e longo prazo dos Açores.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO