Rui Anjos: “Trapalhada do Governo no processo do POTRAA prejudica o desenvolvimento do Turismo dos Açores”

0
19
blank
Deputado Rui Anjos PS

O Grupo Parlamentar do Partido Socialista, através do Deputado Rui Anjos denunciou, esta quinta-feira, que o facto do Governo Regional ter retirado a sua proposta de novo Programa de Ordenamento Turístico da Região Autónoma dos Açores (POTRAA) “já vem tarde” e vai “prejudicar ainda mais todos aqueles que estão envolvidos no setor do Turismo dos Açores”.

O deputado do PS reagiu assim ao facto do Governo ter submetido há três meses, após ter sido aprovada em Conselho do Governo e submetida para apreciação no Parlamento Regional, uma proposta “com falhas evidentes, sendo a mais óbvia a desatualização dos dados referentes ao setor, datados de 2017”.

Rui Anjos recordou que o PS, e a maioria dos parceiros do sector, alertaram para esse facto e tendo inclusive, em requerimento, “questionado sobre a quantidade de empreendimentos turísticos aprovados para operações urbanísticas e licenciados por este Governo, não tendo obtido qualquer tipo de resposta, mais uma vez”.

O parlamentar socialista acusou o Governo de Bolieiro de “queimar meses preciosos que podiam ter sido aproveitados na revisão de um documento estruturante e regulador de um setor tão decisivo para o desenvolvimento económico e social dos Açores, como é o do Turismo”.

“Infelizmente, este Governo decidiu entregar uma proposta na Assembleia Regional sem proceder à sua atualização e sem promover novas sessões públicas de esclarecimento, o que suscitou muitas dúvidas junto dos parceiros sociais e da sociedade civil Açoriana, mas o mais inacreditável é que a maioria das justificações avançadas agora pelo Governo já existiam ou decorrem de decisões do próprio executivo, numa confirmação de um grande desnorte e falta de coordenação”, apontou Rui Anjos.

Rui Anjos recordou que o desenvolvimento turístico promovido pelos Governos Regionais suportados pelo PS “sempre se alicerçou na sustentabilidade, conjugando as dimensões ambiental, económica, social e cultural”, o que permitiu que o setor turístico na Região “se constituísse, ao longo dos anos, como um dos nossos motores do desenvolvimento económico”, por isso “é com estupefação que verificamos agora a decisão do Governo de fazer alterar o Plano Estratégico e de Marketing do Turismo dos Açores, antes de aprovado o documento quadro regulador do sector (POTRAA), o que inverte todas as prioridades”.

“Este é um Governo que parece ser incapaz de acertar à primeira. Desde as Agendas Mobilizadoras, passando pelo Programa Operacional e agora com o POTRAA, todos os documentos emanados pelo Governo acabam por regressar à casa de partida algumas semanas ou meses depois. Todas estas trapalhadas, todos estes recuos, prejudicam, é claro, os Açorianos e a Região”, concluiu o deputado do PS/Açores, Rui Anjos.