Salvamento – Resgatados com vida os dois homens desaparecidos na Ribeirinha

0
15
DR

A Capitania do Porto da Horta, em articulação com outras unidades de busca e salvamento, resgatou este domingo os dois homens desaparecidos na freguesia da Ribeirinha, que se encontravam na apanha de algas, mais conhecida por Erva Patinha.

Decorreu, nos dias 5 e 6 de janeiro, uma operação de busca e salvamento de duas pessoas desaparecidas na costa da freguesia da Ribeirinha, com 18 e 34 anos, que se encontravam na apanha de Erva Patinha.
O alerta foi dado pela família dos desaparecidos, ao qual a Capitania do Porto da Horta, em articulação com o Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada (MRCC Delgada) e com o Centro de Coordenação de Busca e Salvamento das Lajes (RCC Lajes), respondeu de imediato, através da coordenação de uma operação que envolveu patrulhas da Polícia Marítima e equipas dos Bombeiros Voluntários da Horta na orla costeira, e uma embarcação da Autoridade Marítima Nacional, com tripulação mista de Polícia Marítima e da Estação Salva-Vidas da Horta.
Segundo a Autoridade Marítima Nacional, “as operações no mar foram suspensas pelas 22h30, mantendo-se buscas apeadas por terra”.
De acordo com a mesma fonte, o Capitão do Porto da Horta “decidiu solicitar o apoio à Marinha e à Força Aérea Portuguesa, para reforçar as buscas pelos desaparecidos que tiveram início ao nascer do sol do dia 6 de janeiro já com o reforço de um navio da Marinha o NRP Sines e um helicóptero EH-101 que estava na Base Aérea Nº 4 das Lajes (BA4)”.
“Os dois desaparecidos foram encontrados e resgatados pelo helicóptero EH-101 da Força Aérea Portuguesa, na zona imediatamente a norte do Farol da Ribeirinha, sem acesso por terra”, revelou a Autoridade Marítima.
A operação ficou concluída pelas 08h20 de domingo e os dois homens foram desembarcados no aeroporto da Horta e conduzidos por precaução pelos Bombeiros Faialenses ao Hospital da Horta para observação, apesar de não aparentarem necessidade de cuidados de maior. 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO