Serviços remunerados nas Urgências do Hospital da Horta – Pagamentos aos agentes da PSP da Horta continuam com atraso

0
9

O Hospital da Horta deve à Divisão Policial da Horta, pelos serviços remunerados dos agentes da PSP no Serviço de Urgência “19.613,08€ referentes aos meses de setembro de 2015 a fevereiro de 2016”, revelou ao Tribuna das Ilhas (TI) fonte do Conselho de Administração do HH, que adiantou também que “todos os meses é assegurado o pagamento referente a um mês de prestação de serviços”.

O presidente do Conselho de Administração, João Morais, revelou ainda que “o SAD – Assistência na Doença da PSP deve ao HH, 1.331.516,36€” e “já não faz pagamentos desde novembro 2010”.
Esta situação já se arrasta há vários anos sem que haja entendimento entre as partes. Segundo Vítor Reis, representante da Associação Sindical dos Profissionais de Policia (ASPP), e dirigente da Divisão Policial da Horta a “questão prende-se essencialmente com os Serviços Nacionais da PSP”.
Para Reis “o dinheiro que o Hospital refere que a PSP lhes deve, não é da responsabilidade da Divisão da PSP da Horta, mas sim da PSP a nível nacional referente ao Serviço de Assistência Médica”, “são coisas diferentes”, considera.
O agente reconhece que a divida do SAD ao HH existe, mas não pode ser atribuída à Divisão Policial da Horta. “O montante que o SAD tem e que a Administração do Hospital referiu, e bem, de um milhão e trezentos mil euros, é verdade, mas não são os polícias da Horta, nem a Divisão da Policia da Horta, que devem esse dinheiro ao HH”, reforça.
No entender deste profissional de segurança pública, “há aqui uma tentativa para por tudo no mesmo saco que não pode ser”. “O serviço que é prestado é ao Hospital da Horta pelos agentes da Divisão da PSP da Horta e não ao Serviço Nacional”, defende.
 

Leia a reportagem completa na nossa edição impressa.
Subscreva a nossa assinatura.
Para mais informações [email protected]

 

 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO