Sessão plenária de fevereiro – Sistema educativo regional marca primeiro dia dos trabalhos parlamentares

0
27
DR

DR

A sessão plenária que está a decorrer esta semana na Horta, arrancou com uma interpelação do Governo, apresentada pela Representação Parlamentar do PPM, sobre os Sistema Educativo na Região.

Nesta interpelação, Paulo Estevão, colocou dez questões ao governo, com o objetivo de obter respostas “concretas e honestas”. “Procuro respostas, procuro um espírito reformista, procuro ambição, procuro sensibilidade social, procuro capacidade de autocrítica, procuro, enfim, uma estratégia governamental capaz de superar as atuais dificuldades”, disse o deputado.

Entre as perguntas que o monárquico colocou ao governo encontra-se o consumo de drogas nos Açores, a “má qualidade” das refeições escolares, o peso excessivo das mochilas dos alunos com as graves consequências que esta situação pode originar nas crianças e jovens em idade escolar, o aumento da indisciplina nas salas de aula, o programa de distribuição dos Manuais escolares e o PISA 2015, nomeadamente, os resultados obtidos nas áreas de ciências, matemática e de leitura.

Neste contexto, o deputado eleito pelo Corvo questionou ainda se o executivo “está disponível para promover uma grande avaliação externa independente ao sistema educativo regional”.

Em resposta a Paulo Estevão, o secretário regional da Educação esgotou o tempo a desculpar o sistema de ensino regional e acabou por não responder às questões colocadas pelo PPM e pelos restantes partidos com assento parlamentar.

 

SUBSCREVA A ASSINATURA. Basta preencher o formulário

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScF1d_clSmrQ16Tj0nvB7RJMzSS4JV3xf0WoCWtiykBM8hEKA/viewform

https://www.tribunadasilhas.pt/

https://www.facebook.com/tribunadasilhas

https://twitter.com/tribunadasilhas

http://issuu.com/tribunadasilhas

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO