Sessão Plenária de janeiro: ALRAA aprova classificação de “Tesouro Regional” à imagem de Santo Cristo dos Milagres e seus dons

0
18

A tarde do segundo dia de trabalhos da sessão plenária iniciou-se com a proposta apresentada pelos grupos parlamentares do PSD e CDS/PP e pelas representações parlamentares do BE, PCP e PPM, de atribuição da designação de “tesouro regional”, da imagem do Senhor Santo Cristo dos Milagres, do Convento da Esperança, e dos seus cinco dons – resplendor, coroa, relicário, cetro e corda.

Esta proposta, apesar de aprovada por unanimidade, gerou conflito entre bancadas.

O deputado Joaquim Machado foi o responsável por defender esta proposta, que realçou “o inequívoco valor regional de um culto secular, um dos mais antigos e enraizados na alma das nossas gentes, que é prestado ao Senhor Santo Cristo dos Milagres”.

O parlamentar social-democrata afirmou ainda que esta designação evoca “o incalculável valor simbólico derivado da profunda relação afetiva dos micaelenses com todo aquele conjunto religioso, que muito veneram, sendo impossível conceber a iconografia do Ecce Homo desprovida de qualquer dos seus bens conexos”.

Sobre o assunto, Renata Correia Botelho salientou que “o Partido Socialista apoiou, desde a primeira hora, esta classificação, procurando sempre enriquecer o texto da proposta de Decreto Legislativo Regional que deu entrada na Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores”.

A deputada socialista lembrou ainda que à data da primeira proposta “estávamos em plena polémica do envio do Resplendor do Senhor Santo Cristo para uma exposição em Lisboa e que, para o Partido Socialista, o momento não era o mais indicado para proceder a esta classificação”.

O líder parlamentar do PS também entrou no debate e acusou mesmo os partidos subscritores de retirarem a sua assinatura da proposta antes de dar entrada na ALRAA. Joaquim Machado, em resposta, garantiu ao parlamento que a acusação é falsa e que nunca existiu qualquer assinatura do deputado Berto Messias.

Os restantes partidos também se pronunciaram sobre este diploma e destacaram a importância do Santo Cristo dos Milagres e mostraram todo o seu apoio e concordância.

O Secretário Regional da Cultura, Avelino Meneses, também se pronunciou e manifestou a sua concordância com a proposta afirmando que a “a devoção popular constitui justificação bastante” para a atribuição desta designação.

Contudo, Meneses espera que esta classificação “não seja propriamente um fim”, mas antes “um estímulo” para o desenvolvimento de mais investigação sobre o culto do Senhor Santo Cristo dos Milagres, que é um “fenómeno de religiosidade e popularidade” entre os açorianos.

Nesta tarde, foi apresentada ao parlamento açoriano duas petições. Uma da CGTP-Açores sobre o aumento do acréscimo regional ao salário mínimo na Região Autónoma dos Açores. Outra pela população da ilha de São Jorge, que rejeita os Point of Care.

O diploma sobre o do pedido de admissão dos Açores, na qualidade de membro associado, à Organização Mundial do Turismo, apresentado pelo PPM, foi aprovado por unanimidade.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO