Famílias carenciadas podem pedir desconto na fatura da luz

0
4

A Direção Regional da Energia (DREn) tem divulgado o programa de Apoio Social de Eletricidade ao Consumidor de Energia (ASECE) e a Taxa Social de Eletricidade, programas estes que permitem às famílias carenciadas beneficiar de descontos no consumo mensal de energia.

Todos os beneficiários das prestações sociais como o Complemento Solidário para Idosos, Subsídios Social de Desemprego, Abono de família ou das Pensões de Invalidez ou Velhice podem solicitar esta redução na fatura da luz. Também aqueles que tenham um agregado com rendimento anual até à quantia de 4800€, com atualizações de 50% deste valor por cada membro dependente a viver no domicílio fiscal, até a um limite de 10 elementos.

Além de estarem reunidas estas condições, quem pede este desconto tem de ser titular do contrato de eletricidade, o consumo da eletricidade deve ser exclusivamente para uso doméstico e a instalação de eletricidade deve ter um potência inferior ou igual a 4,6 Kilovoltamperes( kVA), ou seja usufruíram já de uma tarifa de baixa tensão normal.

Por fim, para proceder ao pedido desta regalia basta o nome, número de contrato com a EDA, o número fiscal e o da Segurança Social, um comprovativo do rendimento anual do seu último IRS e o número de dependentes a viver no domicílio.

Para poder contar com esta benesse pode-se deslocar à Câmara Municipal da Horta, a uma loja EDA. Em algumas Juntas de Freguesia do Faial pode também preencher os documentos necessário para efetuar o pedido.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO