Tiago Branco exorta Governo Regional a concretizar a instalação do polo tecnológico no Faial

0
59

Os deputados do PS eleitos pela Ilha do Faial alertam para o risco de Governo Regional não concretizar quer a instalação de um Pólo Tecnológico quer a aquisição de um navio de investigação, “desperdiçando as verbas europeias que o Governo do PS tinha assegurado” para esses investimentos. “Tendo em conta a aprovação do Plano de Recuperação e Resiliência e as verbas avultadas que são disponibilizadas à Região, importa que o Governo dos Açores esclareça o que está a fazer para garantir os projetos que estavam previstos, sob pena de os Açores ficarem para trás nestas áreas”, adianta Tiago Branco.
O deputado do PS/Açores refere, em concreto, que “uma das áreas incluídas, pelo Governo Regional do Partido Socialista, no Plano de Recuperação e Resiliência previa um investimento de 32 milhões de euros em duas medidas concretas: a aquisição de um novo navio de investigação para substituir o navio ‘Arquipélago’ e a instalação de um Pólo Tecnológico, na ilha do Faial, ligado à Economia do Mar e à Biotecnologia, também designado por Tecnopolo MARTEC”.
Tiago Branco considera que “como os fundos do Plano de Recuperação e Resiliência têm de ser executados até ao final do ano 2025, exige-se ao Governo Regional a capacidade de agilizar procedimentos e preparar caminho para a exigente tarefa que se avizinha”. No caso destes investimentos, destaca que “são projetos determinantes para o Faial e para os Açores no âmbito da Política do Mar”.
Através de um requerimento entregue no Parlamento Açoriano os parlamentares solicitam informações ao Governo dos Açores quanto “ao processo de aquisição e reabilitação da antiga Fábrica de Conservas da ilha do Faial, localizada na zona do Pasteleiro, freguesia de Angústias, para nela se instalar o Tecnopolo MARTEC”.
Tiago Branco recorda que “o Governo do PS concluiu a negociação com a empresa proprietária daquela infraestrutura com vista à sua aquisição e que, inclusive, deixou preparada a resolução de Conselho de Governo que materializa a aquisição desse imóvel”. Nesse sentido, questionam “se o imóvel já foi adquirido ou quando se prevê que o seja”. Caso a solução seja outra, os deputados pedem que o executivo açoriano “torne público o local onde pretende instalar esse tecnopolo”.
Em relação à aquisição de um novo navio de investigação para substituir o navio ‘Arquipélago’, Tiago Branco considera que o atual Governo deve informar sobre o ponto de situação, sobre se pretende adquirir um navio novo ou usado e quais “as características físicas e as funcionalidades de investigação do que vai ter esse navio”.
O deputado do PS/Açores defende que “é fundamental dar passos concretos neste e noutros investimentos, tendo em conta a execução do Plano de Recuperação e Resiliência” e assume alguma preocupação tendo em conta que “no debate do Plano e Orçamento da Região Autónoma dos Açores para 2021, o Senhor Secretário Regional do Mar e Pescas não respondeu às questões colocadas sobre esta matéria e agora, passados mais de meio ano desde a tomada de posse do Governo dos Açores não se conhece qualquer evolução sobre este processo”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO