Trabalhos da 5.ª Mostra LABJOVEM 2016 patentes no Edimburgh Festival Fringe, na Escócia

0
13

Os vencedores de cada uma das áreas a concurso no 5.º LABJOVEM – Concurso de Jovens Criadores dos Açores vão poder apresentar os seus trabalhos no Edinburgh Festival Fringe, que decorre de 26 de agosto a 1 de setembro, na Escócia. Com a apresentação dos trabalhos criativos dos jovens Açorianos, que abrangem as áreas de Arquitetura, Artes Plásticas, Design de Cerâmica, Design Gráfico, Fotografia, Ilustração e Banda Desenhada, Literatura, Música e Vídeo, na 69ª edição deste festival, a MOSTRA LABJOVEM inicia assim a sua internacionalização. O Edinburgh Festival Fringe é considerado o maior festival de artes do mundo, onde milhares de artistas apresentam os seus projetos criativos nas áreas do Teatro, Dança, Musicais, Exposições e Eventos. João Rebelo Costa (Arquitetura), Sofia Botelho (Artes Plásticas), Inês Ribeiro (Design de Cerâmica), André Pimentel (Design Gráfico), Sara Azad (Fotografia), Luís Brum (Ilustração e Banda Desenhada), Carla Veríssimo e Juan Cascales (Literatura), Rubeshe Santos (Música) e Sara Azad (Vídeo) são os autores dos trabalhos expostos. Para além dos trabalhos vai estar também presente neste festival uma comitiva que integra os vencedores das várias áreas a concurso, que terão a oportunidade de vivenciar o Edimburgh Fringe Festival e conviver com artistas de diversas nacionalidades, origens e áreas artísticas. “A promoção da internacionalização dos jovens criadores é um dos objetivos do Governo dos Açores, sendo, por isso, a sua participação no Edinburgh Festival Fringe uma oportunidade para a valorização dos seus projetos e das suas competências artísticas”, lê-se na nota do Gabinete de Apoio à Comunicação Social (Gacs). A Mostra Labjovem, depois de Edimburgo, será apresentada em Lisboa, onde estará patente de 1 a 30 de outubro, na LX Factory terminando o seu percurso na ilha Terceira, onde poderá ser visitada durante o mês de novembro. O concurso LABJOVEM – Jovens Criadores dos Açores é um projeto do Governo dos Açores, através da Direção Regional da Juventude, organizado pela Associação Cultural Burra de Milho, que visa incentivar e promover jovens criadores das diferentes áreas artísticas, servindo de plataforma a uma nova geração de artistas Açorianos. SG

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO