Um homicídio permitido em democracia não será tão condenável como a matança desumana à ordem de um ditador?

0
18
Ricardo Madruga da Costa
DR/TI

As atrocidades que os russos têm cometido – Putin é o verdadeiro responsável por tudo o que de horroroso tem acontecido na chamada guerra da Ucrânia – causam a todas as pessoas que respeitam o ser humano, o mais profundo sentimento de repulsa e de horror. Esta afirmação não passa de uma vulgaridade porque eu não sou capaz de traduzir em palavras ou frases apropriadas o que de verdadeiramente horrível tem acontecido em cada dia dos três meses já decorridos nessa tragédia que o dono da Rússia chamou de “operação militar especial”. Como se esta forma de rotulagem da mais extremada maldade humana suavizasse o grau ou a natureza da mais requintada malvadez engendrada por um patife deixado à solta. Um facínora, como tenho designado Putin. Tudo isto me suscitou um punhado de considerações que me causam perplexidade.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura