Vasco Cordeiro faz mudanças no Governo

0
10

O presidente do Governo dos Açores anunciou domingo uma remodelação do seu executivo, que inclui a criação das Secretarias do Mar e dos Assuntos Parlamentares e a substituição dos titulares das pastas da Solidariedade Social e da Educação.

Com estas mudanças a atual deputada socialista no parlamento açoriano Isabel Rodrigues, de 49 anos, é nomeada nova secretária Regional Adjunta da Presidência para os Assuntos Parlamentares, cargo que não existia até agora no Governo dos Açores. Isabel Rodrigues terá ainda a seu cargo as pastas da juventude, comunicação social, comunicação institucional, legística  e o Jornal Oficial.
Surge ainda a Secretaria Regional do Mar, Ciência e Tecnologia, que terá à frente Fausto Brito e Abreu, de 43 anos, que já foi conselheiro para os Assuntos de Ambiente, Clima e Política Marítima na Representação Permanente de Portugal junto da União Europeia, em Bruxelas. Esta nova secretaria, com sede na cidade da Horta, integra três pastas (mar, ciência e tecnologia), que antes estavam com os Recursos Naturais, Educação e Transportes, respetivamente.
Terá como competências as pescas e aquicultura, a exploração oceanográfica e o licenciamento de usos do mar e seus fundos, as orlas costeiras e a cooperação com a Polícia Marítima e, ainda, a Ciência e Tecnologia e o relacionamento com a Universidade dos Açores e demais entidades de formação superior”, esclarece a nota do executivo.
Atendendo a esta mudança a Secretaria Regional dos Recursos Naturais passa a designar-se Secretaria Regional da Agricultura e Ambiente, mantendo-se Luís Neto Viveiros como seu titular.
Piedade Lalanda é substituída na pasta da Solidariedade Social por Andreia Costa, de 38 anos, que já foi presidente da câmara de Angra do Heroísmo, diretora regional da Solidariedade e Segurança Social e presidente do Instituto de Ação Social e do Centro de Gestão Financeira da Segurança Social.
Luiz Fagundes Duarte deixa a pasta da Educação e Cultura, que passa a ter como titular Avelino de Freitas de Meneses, 55 anos, que foi reitor da Universidade dos Açores de 2003 a 2011.

Entretanto, a Comissão Política Regional do PSD Açores já emitiu o seu parecer sobre estas mudanças. De acordo com o maior partido da oposição “as alterações comunicadas envergonhadamente este domingo significam, desde logo, mais um compromisso não cumprido pelo Partido Socialista, que antes das eleições prometia um executivo pequeno e agora aumenta o número secretarias para assegurar a manutenção dos equilíbrios internos do partido.”

“Representam, também, a confissão pública de que as políticas de solidariedade social não estão a gerar resultados e que a inatividade do executivo socialista nos últimos meses teve como resultado a maior crise social da Autonomia” – adianta o PSD.

 

 

 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO