Viva a Autonomia… Mas sem aplausos!

0
23
Salomé Matos

Tanto que esta semana se têm repetido palavras como autonomia ou açorianidade, mas o que estes conceitos representam efetivamente para cada um de nós?

Há quase 100 anos Nemésio criou a palavra açorianidade para denominar uma qualidade própria dos açorianos, uma caraterística única que ao longo dos tempos foi inspiradora de inúmeras músicas, poemas, livros e filmes.

O ponto alto da comemoração da açorianidade e da autonomia do arquipélago acontece anualmente no Dia dos Açores. Instituído pelo Parlamento em 1980, é a maior celebração religiosa e Cívica dos Açores comemorado por açorianos e pelas comunidades açorianas espalhadas pelo mundo.

Inicialmente, e reconhecida que foi a autonomia dos arquipélagos dos Açores e da Madeira, estes passaram a estar divididos em três distritos autónomos, porém, na prática, os Açores estavam votados ao abandono, sem desenvolvimento, sendo a emigração a única saída para quantos procuravam uma realização que não se conseguia na nossa Região.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura