6.ª Habitar Portugal integra três projetos do Governo dos Açores

0
13
DR/GACS
DR/GACS

A sexta edição da Habitar Portugal de 2012-2017, promovida pela Ordem dos Arquitetos com o lema ‘Espaço Público: uma casa para todos’, integra na sua seleção final três projetos desenvolvidos pelo Governo dos Açores, nomeadamente a requalificação urbanística da Baía de São Lourenço e a requalificação paisagística da Pedreira do Campo, em Santa Maria, do gabinete M-Arquitectos, e o Complexo Ambiental da Lagoa das Sete Cidades, em São Miguel, com assinatura de Eduardo Souto Moura com Adriano Pimenta.

“É com enorme orgulho que recebemos estas distinções por um trabalho bem conseguido, no âmbito do desenvolvimento de soluções qualificadoras do espaço público, enquanto elemento urbanístico estruturante e essencial para a promoção da vivência comunitária”, afirmou a Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo.

“A intervenção no espaço público, valorizando o nosso património arquitetónico, urbanístico e paisagístico, tem sido uma aposta do Governo dos Açores e estes projetos demonstram isso mesmo”, frisou Marta Guerreiro.

Nesse sentido, sublinhou que a “aposta em projetos arquitetónicos de qualidade, para além de se constituírem como bons exemplos de intervenção no território, neste caso valorizadores do património ambiental e paisagístico das áreas protegidas, são o garante da responsabilidade pelo que aqui deixamos para o futuro, sendo que esta expressão tem sido uma prática constante nas diversas intervenções realizadas, por exemplo, na rede de Centros de Interpretação Ambiental dos Açores”.

Esta edição integra ainda três outros projetos em São Miguel, intitulados ‘Landscale’, do Mezzo Atelier, ‘Two Manifolds’, de Nuno Pimenta, e ‘Gallery’, do Atelier JQTS.

O conjunto das obras selecionadas permitirá identificar os temas e as reflexões mais significativas lançadas no debate disciplinar sobre o espaço público, proporcionando, em simultâneo, uma leitura sobre o seu significado para a cidade e a sociedade contemporâneas.

Está agora a decorrer a produção da exposição e a edição do catálogo da iniciativa, que terá a exposição inaugural em Coimbra e, posteriormente, mostras no Porto, Guimarães, Covilhã, Évora e Lisboa.

A Habitar Portugal, iniciada em 2003, é uma iniciativa da Ordem dos Arquitetos que pretende aproximar os cidadãos da área disciplinar da Arquitetura e, em simultâneo, divulgar a mais recente produção arquitetónica portuguesa, através de um conjunto de obras selecionadas por um comissariado designado pelo Conselho Diretivo Nacional da Ordem.

Os interessados podem obter mais informações em http://habitarportugal.org/pt/.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO