A propósito do Lorenzo

0
19
TI
TI

O furacão Lorenzo veio em força. Ao contrário daquilo que muitos julgavam que seria mais um dos muitos alertas que, depois, não dariam em nada de especial, desta vez, o temporal chegou em força e mostrou como somos pequenos frente às forças da natureza.
O Lorenzo veio em força e deixou um rasto de destruição sobretudo nas ilhas das Flores e do Faial. Apesar disso, não posso deixar de realçar o trabalho de todas as pessoas e entidades envolvidas na Proteção Civil. Sem elas, sem os seus alertas e conselhos, nós todos, aqui nos Açores, sentir-nos-íamos bem mais desprotegidos e bem mais abandonados à nossa sorte. Como cidadão curvo-me, reconhecido, perante todos aqueles que em todas as nossas ilhas, no âmbito da Proteção Civil, estão de vigília e correm muitas vezes perigo para que todos nós possamos estar mais seguros, mais protegidos e que, em caso de necessidade, nos acodem com prontidão, zelo e espírito de bem servir.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO