Acidente de viação vitima bombeiro e deixa outro em estado grave

0
4

Um bombeiro morreu e outro ficou ferido com gravidade num despiste de uma ambulância que ocorreu ao início da tarde ontem na Variante à cidade da Horta.

Herberto Correia, de 42 anos de idade, era casado e deixa um filho de 15 anos, foi projetado para o exterior da ambulância após o capotamento da viatura.

O segundo elemento dos bombeiros da Horta, Paulo Reis, que seguia na ambulância encontra-se ferido, em estado grave. Ao que apurámos, o mesmo já foi submetido a uma intervenção cirúrgica e está internado nos Cuidados Intensivos.

Segundo o comandante dos Bombeiros Voluntários Faialenses, Álvaro Melo, os dois bombeiros seguiam numa missão de socorro quando a ambulância se despistou, bateu num muro e capotou de seguida.

“É um dia trágico para o quartel e para todos os bombeiros do país”, lamentou Álvaro Melo, que diz desconhecer as razões para o acidente que, além de um morto e de um ferido grave, provocou também danos na ambulância.

O comandante dos bombeiros descarta, no entanto, a possibilidade de ter ocorrido algum problema com a ambulância, que garante ter a inspeção em dia e de ter sido revista recentemente, incluindo a suspensão e os pneus.

Também Hélio Pamplona, presidente da Associação Humanitária de Bombeiros do Faial, já manifestou o seu pesar por toda esta situação. “sinto uma mágoa tremenda por esta fatalidade que veio interromper o normal funcionamento da Instituição, e sei que tudo o que possa dizer às famílias, não conseguirá colmatar a sua “forçada ausência”.

Carlos Ferreira, comandante da PSP da Horta, disse aos jornalistas que as causas do acidente estão ainda por apurar e que será aberto um inquérito para investigar o caso.

 

Entretanto, os soldados da paz já estão a receber acompanhamento psicológico. 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO