Acordaram de repente!

0
34
Ricardo Madruga da Costa
DR/TI

Por: Ricardo Madruga da Costa

Na edição de 19 de Fevereiro deste jornal, sob o título “Um tema de contornos movediços. Como as areias”, a propósito de declarações públicas deixando no ar a ideia de atalhar o problema da desertificação de algumas ilhas com recurso à imigração, manifestei a opinião de que essa visão, encarada como oportunidade por quem a formulou, não teria consistência. Defendi entretanto que antes de ideias desprovidas de qualquer fundamentação credível, seria essencial estudar com acerto e competência os factores que davam lugar à referida desertificação, em particular os motivos de “rejeição” da ilha de residência.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO