Início Notícias Regional Artur Lima participou na Comissão Bilateral Permanente entre Portugal e os Estados...

Artur Lima participou na Comissão Bilateral Permanente entre Portugal e os Estados Unidos

0
38
DR
DR

O Vice-Presidente do Governo Regional dos Açores, Artur Lima, acompanhado pelo Diretor Regional dos Assuntos Europeus e Cooperação Externa, Carlos Amaral, participou, na quarta-feira, na 45.ª Comissão Bilateral Permanente entre Portugal e os Estados Unidos da América, que se realizou em Washington DC.

Na agenda desta reunião foram abordados assuntos relacionados com a Base das Lajes, com a descontaminação dos solos e aquíferos da Praia da Vitória e com a cooperação entre a Região Autónoma dos Açores e os Estados Unidos da América.

Artur Lima, evidenciando o estado da situação ambiental na ilha Terceira, frisou que é necessário que o processo de descontaminação seja efetivo, integrado e realizado o mais rápido possível, a bem da proteção da saúde pública e da sustentabilidade ambiental. Neste sentido, salientou a urgência numa mudança de atuação, que se concretize em passos visíveis e ações concretas.

Segundo o Vice-Presidente do Governo, o Executivo Regional estará atento ao evoluir deste processo, que deve ser tratado no âmbito da histórica relação luso-americana.

No ponto referente à cooperação com os Açores, Artur Lima destacou a possibilidade de cooperação a nível cultural, no estudo e promoção da cultura açoriana e da cultura americana, propondo a constituição de um’ think tank’ dedicado ao estudo dos Açores e das relações transatlânticas no século XXI.

Artur Lima sublinhou que, no contexto da atual pandemia e dadas as fragilidades do arquipélago, é do interesse da Região que os Estados Unidos da América possam cooperar com os Açores no domínio da saúde.

O governante elencou ainda outras matérias que podem ser alvo de cooperação mais estreita entre a Região e os Estados Unidos da América, nomeadamente na área das energias renováveis, com vista à transição energética, à descarbonização e à transformação dos Açores numa região produtora e exportadora de hidrogénio.

SEM COMENTÁRIOS

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO