Pedrada no Charco – Elevar o nível do futebol “falado”!

0
15

Recordo com saudade e nostalgia o programa desportivo da Antena 1 “Livre e Directo”, nas décadas de 80 e 90, com apresentação de Costa Martins a partir dos Estúdios de Lisboa, nas noites de sexta-feira, onde o que interessava era o futebol jogado dentro das quatro linhas. Os convidados, pessoas idóneas, que independentemente da sua cor clubística mantinham uma linha condutora nos seus comentários, por forma a garantir o que efectivamente se exige a quem têm esta “responsabilidade” de ser comentador desportivo: imparcialidade, rigor, critério e conhecimento técnico. Abordando as temáticas em debate com o máximo de independência, e claro está tentando ir de encontro às expectativas dos ouvintes. 

Actualmente basta ver alguns dos programas de cariz desportivo emitidos por alguns canais televisivos, que logo nos apercebemos do manancial de comentadores que proliferam por todo o lado. Todos têm uma opinião e se for de oposição melhor. É raro vermos um comentador residente falar a favor de qualquer assunto que se esteja a debater, todos têm soluções milagrosas para tudo. É fantástico, dominam todo e qualquer tema e têm sempre uma palavra a dizer. Infelizmente temos raras e cada vez menos excepções, o vírus do “bota-abaixo” do “lavar roupa suja” parece ganhar proporções incontroláveis.
Fico incrédulo com o que diariamente assisto, na maioria dos casos puro “lamaçal”. Vislumbro apenas meia dúzia de inteligentes a opinar, e constato que são sempre os mesmos a ganhar dinheiro e a nada produzir de forma construtiva a favor do desporto e consequentemente da sociedade.
No caso específico do futebol será importante que os meios de comunicação social e concretamente alguns canais televisivos, revejam o seu conceito de comentador desportivo, garantindo desde logo pessoas habilitadas técnicamente, imparciais, criteriosas e que tão só se limitem a comentar o que efectivamente é desejado e oportuno, ou seja “mergulhar” dentro das quatro-linhas e esmiuçar aquilo que realmente é a essência do desporto Rei.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO