Atletas do CIAIA marcam presença no IV Trail Porta da Cruz Natura 2017 na Madeira

0
33
DR/Dar corda aos sapatos

DR/Dar corda aos sapatos

A 4ª edição do Trail Porta da Cruz Natura 2017 contou com a participação de alguns atletas do CIAIA.

Em destaque estiveram Ricardo Ávila e Marcelo Salgueiro ao vencerem os seus escalões e Dário Moitoso que foi o melhor classificado faialense ao ocupar o 11.º posto da classificação geral.

         

A ilha da Madeira recebeu pela 4.ª vez o Trail Porta da Cruz, uma prova considerada por muitos como uma das mais exigentes a nível nacional que este ano ficou marcada pela enorme competitividade e pela presença de vários nomes de peso do trail nacional e internacional.

A ilha do Faial fez-se representar pelos atletas do Clube Independente de Atletismo Ilha Azul na prova principal de 48kms, pontuável para o campeonato nacional ultra trail.

Nesta competição, Dário Moitoso foi o melhor classificado faialense terminar no 11º posto da classificação geral e 8º no Escalão seniores masculinos. O atleta realizou a prova em 05h27m01s juntamente com Ricardo Ávila, que venceu o escalão sub23 masculinos,  sendo o 14.º mais rápido na geral com um tempo de 05h38m35s.

Mário Leal competiu no escalão M40 classificou-se em 48.º da geral com o tempo de 06h52m41s.

No que diz respeito à prova dos 22kms, o CIAIA, também esteve muito bem representado com Marcelo Salgueiro a ser o mais rápido no Escalão SUB19 masculinos e o 14º na geral com o tempo de 02h11m15s.

O atleta realizou a prova acompanhado pelo faialense Olavo Resendes, este correndo individualmente, completando a prova em 03h14m45s, ficando assim em 142º na geral e em 72º no Escalão SEM M.

De realçar que o pódio coube ao atual campeão nacional de ultra trail, André Rodrigues. O atleta da Dr. Merino/4Moove, venceu a prova principal dos 48kms com um tempo de 04h45m04s, secundado por Carlos Sá da Berg Outdoor que completou a prova em 04h46m37s. Fechou o pódio Ricardo Silva, representante da EDV – Viana Trail, com o tempo de 04h47m56s.

Quanto às atletas femininas, Lucinda Sousa foi a mais rápida completando a prova em 05h59m55s, com o pódio a ficar fechado com Sara de Brito e Fernanda Verde, com os tempos de 06h10m50s e 06h29m12s respetivamente.

 No que fiz respeito à prova dos 22kms o grande vencedor foi o francês Ludovic Pommeret, que foi o campeão do Ultra TrailMontBlanc em 2016, finalizando a prova em 01h51m17s. Luís Fernandes foi  o segundo mais rápido com o tempo de 01h53m36s e Leonardo Diogo a completar o pódio correndo durante 01h54m45s.

 A prova insere-se no desejo da ilha maior do arquipélago madeirense em se tornar num “destino de turismo ativo e o trail-running é um dos eixos principais desta aposta”, tendo como principal impulsionador a marca Madeira OceanTrails.

A prova contou com a participação de 150 inscritos entre os quais destacam-se os nomes de Ricardo Silva, o atual detentor do troféu, André Rodrigues, Jerôme Rodrigues, Carlos Sá e os locais Francisco Freitas e Ricardo Gouveia. Fernanda Verde, Lucinda Sousa e Sara Brito eram os nomes com mais enfase no setor feminino. 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO