Autarquia e Bombeiros procuram entendimento em relação à atual sede

0
8

A informação da Câmara Municipal da Horta a alertar para o facto do Plano de Urbanização da Cidade da Horta (PUCH), obrigar à cedência da sede atual dos Bombeiros quando tivesse pronto o novo Quartel, apanhou a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários do Faial (AHBVF) e os seus sócios, de surpresa.

Para analisar a situação a Associação convocou mesmo uma Assembleia Geral Extraordinária. Esta acabou, por ser interrompida por decisão dos sócios que entenderam ouvir primeiro as propostas da autarquia, antes de tomar qualquer decisão.

 

Na passada segunda feira a AHBVF, reuniu em Assembleia Geral Extraordinária, para deliberar sobre a contrapartida exigida pela autarquia faialense, relativamente à cedência do terreno municipal destinado ao novo quartel, face à cedência da sede atual dos bombeiros.

Segundo o Presidente da Direção, José Manuel Braia Ferreira, esta situação apanhou de surpresa os sócios e até a própria direção.

José Braia Ferreira contou ao Tribuna das Ilhas que, por unanimidade, os sócios “entenderam interromper a reunião” e “não tomar qualquer posição” sem antes reunir com a Câmara Municipal da Horta (CMH), no sentido de “encontrarem um acordo que permita às duas partes se entenderem”, e que “da aplicação do PUCH, seja encontrada uma forma que a curto, médio e longo prazo, defina a localização do atual Quartel e da Associação”, afirmou.

O presidente adiantou, que “da parte não só dos bombeiros, como dos sócios, houve alguma surpresa pelo facto de esta situação estar prevista no Plano de Urbanização aprovado em 2010”. Braia Ferreira, explicou, que embora esta posição tivesse prevista no PUCH, “nem toda a gente lê estes planos”, por isso, “essa questão em 2007 tinha sido falada e depois nunca mais foi observada nem analisada”, vindo agora a público “porque a Câmara apresentou o seu mais recente projeto o Plano Integrado de Regeneração Urbana (PIRUS) e voltou a tocar no assunto”, adianta.

LEIA A NOTICIA COMPLETA NA NOSSA EDIÇÃO IMPRESSA OU

SUBSCREVA A ASSINATURA. Basta preencher o formulário

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScF1d_clSmrQ16Tj0nvB7RJMzSS4JV3xf0WoCWtiykBM8hEKA/viewform

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO