Avelino Meneses salienta avanço na educação e redução da pobreza

0
16
hdr

O Secretário Regional da Educação e Cultura afirmou, em São Miguel, que os indicadores disponíveis no setor da educação apontam para um “novo avanço” e também “anunciam seguramente” a redução da pobreza.

Avelino Meneses, que falava quarta-feira na apresentação do Plano Local de Desenvolvimento e Coesão Social de Rabo de Peixe, cerimónia que contou também com a presença da Secretária Regional da Solidariedade Social, Andreia Cardoso, salientou que, tendo o sistema educativo regional menos alunos, por via da demografia, os corpos de docentes e de funcionários estão, no entanto, mais dotados.

As escolas dos Açores, que contam, comparativamente ao ano letivo 2014/2015, com menos 6.000 alunos, registam, relativamente a igual período, um aumento de 5.400 para 5.700 do número de professores, passando ao nível dos funcionários de 3.300 para 3.600, referiu Avelino Meneses.

Para o Secretário Regional, esta situação só pode ser entendida como “um acréscimo do apoio ao ensino, em benefício das aprendizagens”.

“Com menos alunos, com mais professores e mais funcionários só pode ser acrescido o apoio ao ensino” em benefício dos alunos e, no geral, do sistema educativo regional, sublinhou.

Nesse sentido apontam também os dados provisórios relativos ao ano letivo 2018/2019, recentemente concluído, comparativamente ao ano letivo anterior, adiantou Avelino Meneses.

Assim, verifica-se um crescimento das taxas de pré-escolarização, nomeadamente nos três anos, que subiu de 74 para 85%, e nos quatro anos, que passou de 96 para 97%, mantendo-se nos cinco anos nos 100% “há muito alcançados”, frisou.

O titular da pasta da Educação salientou que estas taxas “são das mais elevadas do país” e “prognosticam uma melhoria do sucesso educativo” e, assumindo-se a educação como “o principal estímulo” do desenvolvimento, “anunciam seguramente” também a redução da pobreza.

Além destes resultados, o Secretário Regional da Educação referiu também o aumento da taxa de transição em todos os ciclos do ensino básico, no 1.º Ciclo de 93,3 para 93,5%, no 2.º Ciclo de 92,6 para 93,4% e no 3.º Ciclo de 87,5 para 88%, enquanto no ensino secundário esta taxa cresceu de 78,4 para 80,1%.

Estes resultados, frisou Avelino Meneses, apontam para a “superação com uma razoável antecipação” das metas estabelecidas para 2020/2021 no programa de promoção do sucesso escolar, ProSucesso – Açores pela Educação.

O Plano de Ação do Polo de Desenvolvimento e Coesão Social de Rabo Peixe, no concelho da Ribeira Grande, prevê 13 iniciativas, sendo a sua maioria dirigida à primeira prioridade da Estratégia Regional de Combate à Pobreza e Exclusão Social, que visa assegurar a todas as crianças e jovens, desde o início de vida, um processo de desenvolvimento integral e inclusivo.

Destacam-se as ações orientadas para a promoção do sucesso escolar, a promoção da saúde infantil e da empregabilidade, assim como o desenvolvimento de ações no âmbito da educação parental e da parentalidade positiva dirigidas à população daquela localidade.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO