Azores Trail Run® – Roberto Vieira e Andrea Mota do Faial vencem o Extreme West Atlantic Adventure

0
63
Extreme West Atlantic Adventure

Os atletas da ilha do Faial Roberto Vieira e Andrea Mota foram os grandes vencedores do Azores Trail Run® – Extreme West Atlantic Adventure, que reuniu cerca de meia centena de atletas nas ilhas do Grupo Ocidental.
A primeira edição desta competição ficou marcada pela forte presença de atletas faialenses.

A marca Azores Trail Run® tem vindo a crescer e a consolidar-se no mundo do trail nos Açores. Depois do ‘Whalers Great Route Ultra Trail’, na ilha do Faial, do ‘Triangle Adventure’, que, para além do Faial, abrange as ilhas do Pico e São Jorge, do ‘Columbus Trail Run’, em Santa Maria, “aventurou-se” agora no Grupo Ocidental com mais um evento desportivo de trail por etapas, três dias, três provas, duas ilhas.
A primeira edição do Azores Trail Run® – Extreme West Atlantic Adventure decorreu entre os dias 13 e 15 de setembro nas ilhas das Flores e Corvo e reuniu meia centena de atletas vindos de Portugal, Reino Unido, Holanda e França.


Roberto Vieira do Praiolas Team e Andrea Mota do Runners à Ventura, foram os grandes vencedores deste evento, que ficou marcado por uma forte presença de atletas faialenses, em representação de várias equipas locais, nomeadamente do Clube Inde-pendente de Atletismo Ilha Azul (CIAIA), do Runners à Ventura, do Praiolas Team e da freguesia do Salão.
Aliás, os sete primeiros lugares da geral foram preenchidos por atletas do Faial. Roberto Viveira foi o primeiro ao completar os 70kms em 06h58s. Em segundo terminou Carlos Garcia, do CIAIA e Luís Rodrigues, também do Praiolas fechou o pódio.
Marco Ramos do CIAIA, foi o quarto a cortar a meta e Hélder Pereira do Praiolas Team foi quinto. Em sexto terminou Xénio Terra, do Runners à Ventura.
Andrea Mota, foi a primeira mulher a concluir os 38 km do Extreme West Atlantic Trail e foi também a vencedora do seu escalão. Destaque ainda para as prestações de Tânia Jorge, também do Runners à Ventura, que foi a segunda do escalão séniores femininos e a terceira mulher a cortar a meta, de Carla Pereira, do CIAIA que foi a segunda do escalão F40 e de Susana Garcia, também do CIAIA, que ocupou o último lugar do pódio, do mesmo escalão.
Este evento foi composto por três provas, divididas por três dias. No primeiro dia os atletas foram desafiados a “escalar” as Escadinhas do Céu. O KV saiu da Fajã Grande, percorreu cerca de 6,5kms até ao ponto mais alto da ilha, o Morro Alto. Aqui os desportistas foram brindados com o clima típico dos Açores, quatro estações no mesmo dia. Partiram com sol e terminaram o desafio debaixo de chuva.
No segundo dia do evento, os atletas rumaram à ilha do Corvo a mais pequena ilha do arquipélago açoriano. Depois de uma viagem de semi-rígido, a partida foi dada na pequena vila com destino ao Caldeirão, passando pela Cara do Índio. Depois de percorrem o perímetro desta antiga cratera vulcânica, regressaram novamente à vila, completando um percurso de cerca de 20 km.
Concluída esta etapa, foi tempo de conviver e recuperar energias antes de regressar às Flores. Aqui a organização preparou uma surpresa para os atletas que tiveram a oportunidade de conhecer as “magníficas” grutas e quedas de água da costa da ilha.
No domingo e de volta às Flores, foi altura de percorrer os 38 km do Extreme West Atlantic Trail, através de trilhos técnicos, fajãs lávicas e detríticas, onde escorrem inúmeras linhas de água, formando impressionantes quedas de água na encosta, com paisagens de “cortar a respiração”, que deixaram os atletas deslumbrados.
Uma nota da organização, a que o Tribuna das Ilha teve acesso, dá a conhecer que para Mário Leal, coordenador do Azores Trail Run®, o balanço desta “aventura” é muito positivo. “Conse-guimos proporcionar uma experiência única a estas pessoas que, mais do que participar numa competição, vieram viver uma experiência intensa e magnífica, descobrindo este território ultra-periférico, não apenas pela observação da sua beleza única, mas também pelo contacto com as suas gentes”, realçou.
De acordo com o Azores Trail Run® “a organização de um evento como este num território como as Flores e o Corvo só é possível graças ao empenho da comunidade local, destacando a este respeito a colaboração do Morro Alto Sport Clube, que no entender do coordenador, “foi essencial para por de pé esta aventura”, assim como o apoio das autarquias das duas ilhas, que considerou como “um factor chave para tornar a Extreme West Atlantic Adventure uma realidade”, afirmou Mário Leal.
A cerimónia de entrega de prémios, que decorreu no domingo à noite, contou com presença da diretora regional do Turismo que destacou a importância deste evento para a economia destas duas ilhas.
Marlene Damião considerou esta prova como “mais um grande evento organizado sob a marca Azores Trail Run®”, e destacou o trabalho realizado por esta organização desde 2014, que tem lançado os Açores nos circuitos nacionais e internacionais da modalidade.
“Desde 2014, esta marca tem vindo a ganhar relevo nos circuitos nacionais e internacionais de Trail Run, atraindo anualmente para os Açores um número crescente de atletas, oriundos de todo o mundo”, afirmou a governante.
Marlene Damião registou ainda que “esta tem sido uma aposta ganha”, já que, no conjunto, “estes cinco grandes eventos têm trazido todos os anos ao arquipélago, e fora do período de época alta, muitas centenas de visitantes, entre atletas, adeptos e acompanhantes”, garantindo neste sentido que “o Governo dos Açores continuará a apoiar iniciativas desta natureza e a encarar estes projetos de caráter desportivo como oportunidades únicas para promovermos aquilo que de melhor temos para oferecer”, sustentou a Diretora Regional, destacando ainda “os fantásticos trilhos pedestres e a exuberância e diversidade paisagística destas duas belas ilhas, localizadas no extremo ocidental do arquipélago dos Açores e da Europa”.
O Azores Trail Run® – Extreme West Atlantic Adven-ture contou com o alto patrocínio do Governo Regional dos Açores, e com os apoios das Câmaras Municipais de Santa Cruz e Lajes das Flores e de Vila do Corvo, e ainda da Cooperativa Ocidental.
No calendário de eventos Azores Trail Run®, segue-se agora a Triangle Adventure, já no início do próximo mês de outubro, que leva os atletas numa prova de etapas pelas ilhas do Pico, São Jorge e Faial.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO