Câmara reforça apoios à saúde com a implementação do Programa ABEM

0
19
blank

A Câmara Municipal da Horta vai implementar no concelho o Programa ABEM: Rede Solidária do Medicamento, mediante Protocolo a celebrar com a Associação Dignitude.

Com o programa, aprovado ontem em reunião camarária, o Presidente da Câmara Municipal da Horta anunciou que “garantiremos que os cidadãos residentes a título permanente no concelho, e que se encontram em situação de comprovada carência económica, tenham acesso aos medicamentos não comparticipados a 100% pelo Serviço Regional de Saúde (SRS) e prescritos por receita médica, devendo abranger 75 beneficiários este ano”.

De acordo com as regras do programa, o Município suposta o contributo solidário no valor de € 135,00 anuais por cada beneficiário, e o remanescente, caso exista, será assegurado pelo Fundo Solidário ABEM.

Carlos Ferreira considera que a implementação deste programa possibilitará a aquisição de
medicamentos nas farmácias de forma mais acessível, “combatendo as desigualdades impostas pela situação de fragilidade socioeconómica que afeta muitos agregados familiares”.

O autarca referiu ainda que este “é um trabalho desenvolvido em rede e em parceria, permitindo operacionalizar de forma eficiente um projeto que se pretende agregador de outros existentes no terreno com o objetivo de maximizar os recursos disponíveis na ajuda à população, dando concretização prática a um programa que pretende colocar as pessoas como o verdadeiro pilar da governação municipal”.