CDS propõe a contabilização do tempo de serviço dos Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica

0
12
DR/CDS
DR/CDS

O Grupo Parlamentar do CDS-PP/Açores apresentou nesta terça-feira um projeto de resolução, recomendando ao Governo Regional que proceda à contabilização do tempo de serviço da carreira de Técnico Superior de Diagnóstico e Terapêutica do Serviço Regional de Saúde, atribuindo um ponto e meio de avaliação por cada ano de serviço, entre 2009 e 2018, independentemente do tipo de vínculo laboral estabelecido e da existência de avaliação.

De acordo com o líder do grupo parlamentar, Artur Lima, “a proposta do CDS tem por base a convicção de que o Serviço Regional de Saúde deve ser alicerçado em carreiras justas e dignas para todos os profissionais, sendo de elementar justiça social que os Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica da Região Autónoma dos Açores, atualmente cerca de três centenas e meia, possam ver efetuada a contabilização do seu tempo de serviço”.

O CDS tem conhecimento de que a Secretária Regional da Saúde manifestou disponibilidade para encontrar soluções que vão ao encontro das pretensões daqueles trabalhadores do Serviço Regional de Saúde dos Açores, conforme informação transmitida pelo Sindicato Nacional dos Técnicos Superiores de Saúde das Áreas de Diagnóstico, no entanto até ao momento as carreiras não foram descongeladas.

Para efeitos de harmonização entre regimes de carreira profissional, a iniciativa do CDS recomenda ainda, no que se refere ao sistema de avaliação de desempenho e respetivo regime de transição, incluindo a alteração do correspondente posicionamento remuneratório, que seja aplicada à antiga carreira profissional de Técnico Superior das Áreas de Diagnóstico e Terapêutica o regime previsto na carreira especial de Técnico Superior das Áreas de Diagnóstico e Terapêutica do Serviço Regional de Saúde.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO