Governo dos Açores promove Fórum Regional da Qualificação Profissional “Valorizar os Açorianos – Horizonte 2030”

0
40
DR/GACS
DR/GACS

O Secretário Regional da Juventude, Qualificação Profissional e Emprego do Governo Regional dos Açores, Duarte Freitas, apresentou, em Ponta Delgada, no Teatro Micaelense, o lançamento do Fórum Regional da Qualificação Profissional intitulado “Valorizar os Açorianos – Horizonte 2030”.

Duarte Freitas destacou a importância do evento, considerando-o como um “contributo absolutamente essencial para a definição de uma qualificação profissional para o presente com os olhos postos no futuro”.

A Comissão Organizadora do projeto é composta pela Secretaria Regional da Juventude, Qualificação Profissional e Emprego, CESA – Conselho Económico e Social dos Açores, Secretaria Regional da Educação, Universidade dos Açores e Escolas Profissionais do Açores.

O evento, que envolve as entidades formadoras, responsáveis da educação, sociedade civil, autarquias locais entre outros agentes, vai desenvolver-se com a colaboração das Escolas Profissionais das ilhas do Pico, Faial, São Jorge e Terceira, através de plataformas digitais (no formato ‘webinar’).

Considerando o contexto pandémico que se vive na Região e no Mundo, está previsto a realização de uma sessão presencial que irá decorrer em novembro, em Ponta Delgada, sendo transmitida também através de canais digitais.

De acordo com o titular da Juventude, Emprego e Qualificação Profissional, o projeto empreendedor e abrangente “comprova que o Governo dos Açores está verdadeiramente empenhado em dar resposta a muito desafios com os quais os Açorianos vêm-se confrontados”.

Na ocasião, o governante defendeu que a iniciativa pretende não só demonstrar a importância que o Executivo açoriano dá à “necessidade emergente de intensificar a qualificação profissional nos Açores”, mas também definir “novas diretrizes e orientações para a qualificação dos Açorianos, de acordo com as dinâmicas do mercado de trabalho e em cooperação com os parceiros sociais”.

Neste desígnio de promover o ensino profissional e a qualificação na nossa Região, o Governo Regional dos Açores tem a ambição de atingir um “novo paradigma de desenvolvimento baseado na tecnologia, no conhecimento, na formação, mas, acima de tudo, na educação e qualificação”, frisou Duarte Freitas.

O Governo dos Açores tenciona também que cada sessão ‘webinar’ seja um espaço privilegiado, aberto à participação e discussão da qualificação profissional dos Açorianos num horizonte temporal até 2030.

Os “contributos de todas as sessões”, acrescentou o governante, do fórum Regional da Qualificação Profissional darão origem ao Livro Branco, a editar em janeiro de 2022, onde se “consubstanciarão as reflexões produzidas” e se irão “apontar as grandes linhas de orientação das políticas de qualificação profissional para um horizonte de 10 anos”.

Para a elaboração deste documento, o Fórum Regional conta com uma Comissão de Avaliação e Acompanhamento composta pelo Observatório da Juventude dos Açores, pelo Observatório do Emprego, pelo Centro de Interdisciplinar de Ciências Sociais e pela Fundação Teresa e Alexandre Soares dos Santos.

O Fórum Regional da Qualificação Profissional “Valorizar os Açorianos – Horizonte 2030” insere-se numa lógica de “proximidade” e de “abertura” à sociedade civil, prosseguiu.

Assim, e de acordo com o Secretário Regional, esta iniciativa tem ainda como objetivo primordial o desenvolvimento económico e social dos Açores,  através da “qualificação dos seus recursos humanos”, criando oportunidades, “potenciando a empregabilidade”, “perspetivando maior produtividade”, “produção de riqueza” e melhores índices de “qualidade de vida” para todos os Açorianos.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO