CMH entrega Livro de Vereações do Sec IXX à Biblioteca da Horta

0
12

A Câmara entregou para depósito da Biblioteca Pública e Arquivo Regional da Horta do “Livro de vereações da Câmara Municipal da Horta de 4 de Maio de 1857 a 1 de Junho de 1859”.

 

O documento histórico passou assim a estar integrado no fundo documental da Câmara Municipal da Horta, existente na biblioteca que já contempla 84 volumes.

No momento da entrega João Castro, Presidente da autarquia, sublinhou que este livro estava nos arquivos da CMH e fazia falta no acervo da biblioteca.

É um obra do século IXX que agora vai para a câmara de expurgo para que, daqui por quatro semanas fique disponível ao público.

“O ideal seria digitalizar todo o acervo histórico, mas neste momento a Biblioteca não tem recursos humanos para tal”, refere Luis San Bento, director da biblioteca pública que acrescentou ainda que “em formato digital e já disponíveis on line, estão os registos paroquiais do Corvo, Flores e algumas zonas do Pico. Em breve estarão os os registos paroquiais do Faial”.

O presidente da CMH, João Castro, frisou na ocasião que a “é uma preocupação da autarquia reabilitar e recuperar os acervos e o espólio documental da ilha, atendendo à importância histórica dos mesmos e à contribuição que fornecem no conhecimento da própria história dos nossos antepassados”.

Curiosamente, este livro contempla relatos da visita de D. Luís, filho de D. Maria uma das ilhas de D. Pedro IV à ilha do Faial. Recorde-se que foi D. Luís, quando ascendeu a Príncipe, que atribuiu o título de “Mui Leal Cidade” à cidade da Horta, titulo que ainda hoje faz parte do brasão municipal.

Na ocasião foi revelado também que o Instituto Gaspar Frutuoso já fez o levantamento dos Livros dos Tabeliães do Faial, que, assim que haja disponibilidade financeira, devem ser editados.

  

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO