Colchete aposta no bem-estar da mulher

0
109
blank
Colchete catia carvalho DR

Em 2019, a empreendedora terceirense Cátia Carvalho criava o “Colchete”, um atelier de lingerie físico e uma plataforma online, que fornece um aconselhamento
especializado de lingerie, gratuito, o primeiro da espécie nos Açores. Este “one-woman show” pretende encorajar as mulheres açorianas a viverem a sua  feminilidade sem constrangimentos, promovendo igualmente informação sobre auto-estima, bem-estar e moda íntima.

O “Colchete” veio colmatar uma lacuna no mercado de roupa interior feminina, que deixa muito a desejar no que toca à saúde e bem-estar íntimo das mulheres.
Cátia Carvalho (CC) contou-nos como funciona este aconselhamento, o caso especial das mulheres que passaram por remoção mamária, a viagem deste projeto até ao continente e cá ao Faial e ainda os objetivos para o futuro.

Tribuna das Ilhas (TI) – Como surgiu a ideia deste projeto? Em que consiste?
Cátia Carvalho – Regressei à Terceira em 2016. Devido a alguns problemas de saúde que me obrigaram a ter uma vida mais sedentária, ganhei imenso peso. Comprar lingerie adequada ao meu tamanho, confortável e bonita era uma experiência muito frustrante, via-me obrigada a comprar online. Em 2019 fiquei desempregada e decidi investir no aconselhamento especializado de lingerie, uma área onde já tinha trabalhado anteriormente em Portugal continental. Através da “Colchete”, o primeiro serviço de aconselhamento especializado de lingerie dos Açores, ajudo mulheres a encontrarem as peças de lingerie mais adequadas ao seu corpo e às suas proporções.

TI – É difícil encontrar roupa interior à medida nos Açores?
CC – É muito difícil, embora eu goste de pensar que é um bocadinho menos difícil desde que a “Colchete” apareceu. O mercado local é pouco diversificado e a oferta que existe é, na sua generalidade, desadequada às medidas reais das mulheres. Estamos a falar de um segmento de mercado que não soube adaptar-se, que não evoluiu e que não compreendeu ainda a mulher actual e as suas necessidades mais específicas.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura